Ceclin
out 10, 2017 0 Comentário


Saiba como tirar a segunda via da carteira de identidade em Pernambuco

É preciso pagar uma taxa a partir da segunda via; valor aumenta de acordo com números de vezes que documento é tirado

Foto: transparência Brasil/reprodução internet.

Foto: transparência Brasil/reprodução internet.

Principal documento de identificação no Brasil, a carteira de identidade, ou simplesmente RG (de Registro Geral), é feita gratuitamente quando tirada pela primeira vez, porém, caso você seja roubado ou perca a documentação, é preciso tirar a segunda via, quando é cobrada uma taxa.

Em Pernambuco, a emissão de carteiras de identidade é feira pelo Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB), através das unidades do Expresso Cidadão no Recife, Olinda, Caruaru, Garanhuns e Petrolina. Para agilizar o processo, é possível agendar o requerimento através do site do IITB.

Valores
A via e carteiras para maiores de 65 anos de idades são gratuitas, mas, a partir da segunda, começa a se cobrar uma taxa. O valor da segunda carteira é R$ 21,15 (vinte e um Reais e quinze centavos); a terceira via custa R$ 42,76 (quarenta e dois Reais e setenta e seis centavos); a partir da quarta via em diante, é cobrada uma taxa de R$ 82,91 (oitenta e dois Reais e noventa e um centavos).

Para agilizar o atendimento, o órgão recomenda que o requerente emita a guia para pagamento (DAE) na página do IITB e pague em qualquer agência bancária ou casa lotérica.

Que documentos levar?
É preciso levar a certidão de nascimento ou de casamento, tanto a original como uma cópia, além de duas fotos recentes no tamanho 3×4 com fundo branco, formulário preenchido que é disponibilizado no local e o comprovante de pagamento da guia, caso seja da segunda via em diante. Normalmente, as carteiras são confeccionadas e entregues em um prazo máximo de 48 horas, porém é importante perguntar, no momento da requisição, se haverá algum atraso na entrega.