Ceclin
maio 05, 2010 0 Comentário


Saiba como conseguir financiamento para um curso de graduação

Do JC Online

Para ser beneficiado, o estudante precisa acessar o site do Fies para fazer a inscrição


Foto: Reprodução do site

Dez instituições de Ensino Superior de Pernambuco participam do Programa de Financiamento Estudantil do governo federal. As faculdades ficam no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Vitória de Santo Antão.

O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que tem o objetivo de financiar os estudos de graduação de estudantes matriculados em instituições pagas.

Com a mudança no sistema, anunciada na última segunda (3) pelo MEC, ficou mais fácil conseguir um financiamento. Agora, ele pode ser solicitado em qualquer época do ano. Outra novidade é em relação aos juros que caíram para 3,4% ao ano.

Para obter essa ajuda, o estudante deve estar matriculado em um curso superior que tenha avaliação positiva do MEC. É preciso acessar o site do Fies. Lá, o estudante encontra a lista das faculdades conveniadas ao programa e também pode fazer uma simulação do financiamento. O estudante precisa seguir os seguintes passos:

1º – Inscrição

O estudante deve acessar o site e informar o CPF, data de nascimento, e-mail e cadastrar uma senha. Ele receberá uma mensagem por e-mail para que o cadastro seja validado. Em seguida, ele deve acessar o site para fazer a inscrição informando seus dados pessoais, do curso e da instituição de ensino e as informações sobre o financiamento solicitado.

2º – Validação das informações

Após concluir a inscrição, o estudante deve validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento na instituição onde estuda em até cinco dias.

3º – Contratação do financiamento

Depois da validação das informações, o estudante precisa comparecer em até 15 dias em um dos agentes financeiros (instituição bancária) vinculados ao Fies para formalizar a contratação do financiamento. Nesse primeiro momento, a Caixa Econômica Federal é o único agente financeiro do programa.

Leia mais: