Ceclin
out 08, 2012 0 Comentário


Roberto Numeriano é expulso do PCB

Por Alex Ribeiro

Quinto colocado na eleição do Recife, com 0,76% dos votos válidos, Roberto Numeriano (PCB) foi, surpreendentemente, expulso da legenda no fim da tarde de ontem. A cúpula nacional do partido divulgou, através de uma carta, que o agora ex-comunista estava oficialmente fora da sigla por descumprir ordens da legenda. Em um dos trechos do documento, o PCB relatou que Numeriano “afrontou publicamente o partido” e que está “desautorizado a falar em nome do PCB”.

Segundo Numeriano, a atitude do partido foi radical e quem sai prejudicado na história é a própria legenda. “Foi uma atitude radical, pois foi de modo desrespeitoso comigo e com o eleitor. Eu fui o único candidato majoritário da legenda em todas as capitais brasileiras e lamento que minha saída tenha sido desta maneira”, disse o também professor, durante entrevista à Rádio Folha FM, ontem.

Em sua opinião, a sua expulsão do partido foi concretizada por causa da sua tática diferente de “fazer política”. Para Numeriano, o PCB tem uma história política significativa, mas as pessoas à frente da legenda não estão a “altura” do partido. “Tive algumas discussões com o partido sobre a nossa situação em alguns municípios do Estado. Mas tenho consciência de que o pedido de votos no último debate da TV Globo para o candidato a vereador de Paulista, Luciano Moraes (PSOL), foi a gota d’água. Porém, isso não quer dizer que eles estão totalmente certos, as pessoas que regem o PCB são pequenas nos termos político-ideológicos”, argumenta. Apesar da expulsão, Numeriano disse que pretende continuar na política.