Ceclin
jul 01, 2015 0 Comentário


Residencial Bela Vista, em Vitória, detém canteiro de obras sustentável

Para evitar desperdícios de material e reduzir custos, a Gran Marco contratou consultoria para auxiliar no planejamento e execução dos projetos residenciais em Vitória de Santo Antão e Igarassu. Passo a passo é orientado por plano sustentável

canteiro obras na bela vista da gran marco

Com obras de residenciais em andamento, nas cidades da Vitória de Santo Antão e Igarassu, a Gran Marco Construtora adota um plano sustentável com diversas medidas para evitar desperdícios e fazer o destino correto dos resíduos sólidos gerados na construção. Além de atender a política nacional de resíduos sólidos, o objetivo da iniciativa é reduzir custos e ainda preparar a empresa para obter as certificações ISO 14000 (meio ambiente) e ISO 18000 (segurança do trabalho). Atualmente, ela conta com o ISO 9001 (qualidade).

Para isso, contratou uma consultoria para avaliar e orientar todos os passos da construtora, no planejamento e execução de projetos para tornar o canteiro de obras ainda mais sustentável. No dia a dia, pequenas atitudes fazem a diferença e alguns itens acabam sendo reaproveitados na própria obra. Sobras de ferros, por exemplo, são utilizados para compor tampos e na confecção de caixas de passagem. Já outros são doados, como itens plásticos, por exemplo.

No acabamento, fase em que geralmente ocorre maior geração de resíduos, é quando a atenção aumenta. Entre as iniciativas, por exemplo, é feito um plano de corte de cerâmicas para evitar desperdícios. Outro item que tende a resultar em desperdício é o gesso, que é reaproveitado na obra.

Saiba mais sobre os empreendimentos da Gran Marco:

Resultado da associação de duas grandes empresas reconhecidas no mercado imobiliário pernambucano – a Casa Grande Engenharia e a Romarco Construtora e Incorporadora – a Gran Marco Construtora está erguendo atualmente dois empreendimentos residenciais. Um é o Residencial Bela Vista, no município de Vitória de Santo Antão. Trata-se do primeiro projeto da empresa no interior do Estado para atender quem vai morar ou investir. Ocupando de 23,5mil metros quadrados, o empreendimento – que foi dividido em duas etapas e está localizado próximo ao centro da cidade – tem dois tipos de plantas, com dois e três quartos, além de sala de estar ou jantar, cozinha, banheiro social, área de serviço integrada e uma vaga de estacionamento.

O outro é Residencial Sítio Viver, em Igarassu. Na primeira etapa, são 14 blocos com 336 unidades. Cada bloco tem quatro pavimentos e seis apartamentos por andar. As unidades têm dois quartos, com área de 41 metros quadrados.