Ceclin
set 17, 2021 0 Comentário


Renda habitual do trabalhador registra queda de 6,6%, aponta Ipea

De acordo com o levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgado nesta sexta-feira (17.09), revela que houve uma queda de 6,6% na renda habitual do trabalhador.

A pesquisa também mostra um aumento de 0,9% na renda efetiva no segundo trimestre de 2021. Os dados utilizam os resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua) e da Pnad Covid, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os trabalhadores por conta própria tiveram o maior impacto nas rendas, registrando crescimento de 19,5% na renda efetiva segundo a análise do Ipea. Os funcionários com carteira assinada do setor privado tiveram aumento de 2%, enquanto para os trabalhadores sem carteira, a alta foi de 6,9%.

Além disso, a pesquisa revela também que a Região Nordeste foi a que teve a renda mais afetada registrando queda de 2,6% na renda, principal motivo foi a segunda onda da pandemia.

“A análise mostra que, apesar da melhora nos rendimentos no segundo trimestre deste ano, a recuperação ainda é lenta. O afastamento da ocupação atinge 16,26% dos trabalhadores, afetando mais de 13,5 milhões”, disse, em nota, o pesquisador do Ipea e autor do estudo, Sandro Sacchet.