Ceclin
ago 15, 2012 0 Comentário


Redesim passa a valer em 10 municípios pernambucanos a partir desta quarta-feira

Previsão é que sistema de desburocratização atinja 80% do Estado até dezembro

Hoje (15), passa a valer em 10 municípios de Pernambuco a operação do sistema Redesim, cujo objetivo é simplificar e integrar o processo de registro e legalização de empresas e pessoas jurídicas no âmbito da União, Estados, Distrito Federal e municípios. Na prática, a novidade vai significar diminuição do tempo e dos custos envolvidos no processo de abertura e alteração de seu negócio.

A ferramenta entrará em funcionamento, no dia 15, no Cabo de Santo Agostinho, São Lourenço da Mata, Moreno, Camaragibe, Goiana, Palmares, Carpina, Igarassu, Salgueiro e Serra Talhada. A expectativa é que, até dezembro, a Redesim esteja presente em 25 municípios pernambucanos, fazendo com que 80% das empresas do Estado passem a ser abertas ou alteradas por meio da ferramenta. A iniciativa tem o Sebrae-PE como grande parceiro.

REDESIM – Criada pela Lei n.º 11.598, de 3 de dezembro de 2007, a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legislação de Empresas e Negócios (Redesim) permite ainda o contato único com o poder público. De abrangência nacional, a implantação da ferramenta permitirá que o empresário realize todo o processo em um único portal, não precisando se deslocar por vários órgãos, somente para a Junta Comercial.