Ceclin
ago 14, 2015 0 Comentário


Reclamações e polêmica envolvem o transporte de alunos em Limoeiro

d438fe02c850f656f76d8987c2e609a6

do Blog do Agreste

Uma verdadeira polêmica vem envolvendo a Prefeitura de Limoeiro e a Secretaria Estadual de Educação no tocante ao transporte escolar. No retorno das aulas para o segundo semestre, a Prefeitura anunciou a suspensão do transporte dos estudantes da rede estadual alegando que o valor repassado por aluno não estava sendo suficiente para custear as despesas, além de revelar que algumas parcelas estavam atrasadas. Com a paralisação de dois dias, o Secretário de Estado Fred Amâncio e o prefeito Thiago Cavalcanti entravam em acordo no tocante ao aumento do valor pago por aluno transportado e atualização de parcelas atrasadas. Assim, três dias depois os alunos do Estado voltavam a ser transportados normalmente.

Mas no último dia 11, o Governo do Estado resolveu contratar uma empresa para transportar, exclusivamente, os alunos da rede estadual, alegando que a Prefeitura não teria mais interesse no serviço, baseado em um ofício encaminhado no mês de abril pela administração municipal. Dentro de dois dias, veículos começaram a ser contratados pelo Estado para garantir a chegada dos alunos às escolas. Mas o atendimento não está a contento. Francisco, morador do Sítio Gavião, zona rural de Limoeiro, mostrou insatisfação na Rádio Jornal: “Houve uma infelicidade e minha filha perdeu o transporte. Ela estuda na Escola Austro Costa e quando chegou o carro não estava. Não sabemos a quem recorrer”. Outra mãe denunciou que enviaram apenas duas kombis para os condomínios do Loteamento Lagoa Azul. “Antes era um ônibus e não cabe todo mundo. Ficaram de voltar para outra viagem, mas não vieram e meu filho perdeu aula”, pontuou.

Procurada pela nossa reportagem, a gestora da Gerência Regional de Educação Vale do Capibaribe, Edjane Ribeiro, afirmou que todas as rotas serão atendidas, mas não soube informar quem são os motoristas e os carros contratados. “Está confirmado que a partir de agora o transporte dos alunos da rede estadual serão feitos pelo Estado. Estamos garantindo carros para todas as rotas que tenham alunos da rede. Mas não tenho as informações relativas aos motoristas e carros contratados. O processo de contratação foi feito pela secretaria”, disse a gestora.