Ceclin
set 26, 2016 0 Comentário


Recife e Vitória de Santo Antão contemplados com novos mini-campos esportivos do Itaú

Campus Itaú

Pernambuco é contemplado pela Caravana do Esporte que ainda entregará mais três campos. O projeto busca garantir o acesso de crianças e adolescentes ao esporte em escolas de regiões de baixo IDH no Brasil. A cada nova etapa, uma cidade contemplada

Mais Esportes

Neste ano, Recife e Vitória de Santo Antão foram sede de uma das etapas do projeto Caravana do Esporte e ganharam os novos mini-campos esportivos do Itaú. A iniciativa tem por objetivo garantir o acesso de crianças e adolescentes ao esporte em escolas de regiões pouco favorecidas no Brasil. Para isso, cada cidade recebe o material utilizado para a montagem do espaço composto por fitas e marcações, que delimitam o campo e o meio de campo, além de pinos para a fixação e 14 arestas para a montagem dos gols. Fora do Estado, mais quatro cidades. Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Cariacica (ES) e Bauru (SP) foram as contempladas. A previsão é de que, até o fim deste ano, mais três mini campos sejam entregues no País.

“Esperamos que esses locais possam ser espaços nos quais as crianças possam jogar e brincar no recreio ou antes e depois das aulas e fazer Educação Física. Vamos ajudá-los a aproveitar melhor os espaços que eles têm disponíveis nas escolas com a prática de esportes”, relata Ana Moser, medalhista olímpica e atual presidente do Instituto Esporte e Educação (IEE).

O objetivo é demonstrar possível a montagem de um mini-campo sem que seja necessário o uso de muitos materiais e, a partir disso, utilizá-lo para o desenvolvimento da educação por meio de atividades físicas. O projeto investe no uso de tecnologia desenvolvida. Busca, portanto, implementar a prática esportiva utilizando materiais de baixo custo. “Nós até teríamos condições de trazer tudo pronto, mas a questão é mostrar como é possível fazer com pouco. Difundir essa ideia é o mais importante,” explica o coordenador do IEE, Alexandre Arena.

Mudanças
Além de impactar na rotina dos alunos, a novidade gera uma mudança positiva para os professores e gestores das escolas contempladas. De acordo com Verônica de Queiroz Dutra Souza, supervisora da Secretaria de Educação de Vitória de Santo Antão, por esse motivo a iniciativa pode inclusive ser difundida para outras localidades. “Além de contribuir para o aprendizado, a criança se sente valorizada. Com o projeto, os alunos terão esse espaço para brincar e praticar atividades físicas orientadas. Era o que estava faltando na escola. A Secretaria de Educação gostou tanto da ideia que pretende levar para outras escolas, já que é um material que dá para ser reproduzido”, revelou.

A Caravana do Esporte
A Caravana tem por objetivo subsidiar políticas públicas que garantam o direito de crianças e jovens praticarem esportes com inclusão e em ambientes livres de violência. Os municípios atendidos pelo projeto são selecionados por meio de indicação da Unicef. Que, para isso, considera o baixo IDH e IDI – índice de Desenvolvimento Humano e Índice de Desenvolvimento da Infância, respectivamente, dessas localidades. Desde seu surgimento, em 2005, mais de 2 milhões e 600 crianças e adolescentes foram atendidas diretamente pela iniciativa. Contemplando cerca de 110 municípios de 22 estados do Brasil.

O projeto é uma realização do Instituto Esporte e Educação (IEE), em parceria com UNIFE, ESPN Brasil, Disney e tem os patrocínios do Itaú, Rede, Mondelez Brasil, EDP, Ticket e Abbott, via Lei de Incentivo ao Esporte, do Ministério do Esporte/Governo Federal.