Ceclin
jun 29, 2017 0 Comentário


Receita Federal solicita abertura de concurso com 2.083 vagas

Remunerações para os cargos solicitados pelo órgão são de até R$ R$ 27.303,62

 As oportunidades são para os cargos de auditor-fiscal, analista tributário e assistente técnico-administrativo


As oportunidades são para os cargos de auditor-fiscal, analista tributário e assistente técnico-administrativo

A Receita Federal do Brasil solicitou a abertura de concurso público com 2.083 vagas, para os níveis médio e superior, com remunerações de até R$ R$ 27.303,62. As oportunidades são para os cargos de auditor-fiscal, analista tributário e assistente técnico-administrativo.

O pedido para a realização do certame foi enviado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) e a expectativa para a realização do certame é alta, diante da grande defasagem de pessoal no órgão. Há milhares de vagas em aberto no País, o que compromete a realização dos serviços. A abertura da seleção consta no orçamento de 2017, mas vale salientar que o lançamento do edital, assim que autorizado pelo MPDG, é realizado pelo Ministério da Fazenda, que depois distribui as oportunidades para o seu quadro e o da Receita.

De acordo com um levantamento realizado pelo Poder Executivo, o órgão conta com um déficit de 19.789 servidores, com necessidade acentuada para as carreiras de analista e auditores, respectivamente, com 9.575 e 10.214 postos em aberto.

Remunerações
As remunerações iniciais para o cargo de analista corresponderão a R$ 11.639,24 em 2018 e a R$ 12.142,39 em 2019. No caso do auditor, serão de R$ 20.123,53 em 2018 e de R$ 21.029,09 em 2019.

Aos valores soma-se, ainda, auxílio-alimentação no valor de R$ 458, além de auxílio-saúde de até R$ 124 por pessoa e benefício pré-escolar, que hoje é de R$ 321.

Última seleção
Para o posto de assistente técnico-administrativo, o último certame foi realizado em 2014, tendo a Escola de Administração Fazendária (Esaf) como banca organizadora. A prova contou com 70 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 20 de conhecimentos específicos. A última seleção para o cargo de auditor também foi em 2014. Para analista técnico administrativo, o último concurso foi em 2013, também organizado pela Esaf. O cargo contou com duas provas, sendo a primeira, com 65 questões de conhecimentos básicos e a segunda, com 50 de conhecimentos específicos.

Desde 2009 a receita convoca sempre  de 50% a 100% o número de aprovados em seus certames. Oferecendo 450 vagas em edital, o concurso de 2009 culminou com nomeação de mais de 700 aprovados.

Jornal do Commercio