Ceclin
Maio 31, 2021 0 Comentário


Rapidinhas Policiais: violência com três assassinatos em Escada

Ultimas 48 horas com três homicídios em Escada

Jefferson, Ederilson e Maurílio foram mortos a tiros na cidade de Escada. Fotos: Redes Sociais

Enquanto estava trabalhando como Pedreiro em um imóvel no Bairro Riacho do Navio, em Escada, Jefferson kennedy da Silva Santos, 24 anos, foi surpreendido por quatro homens a pé, que armados, o executaram a tiros na manhã da segunda-feira (31.05). Agentes da Polícia Civil em operação de rotina estranharam a atitude dos indivíduos em outra localidade, os quais conseguiram interceptar os suspeitos. Pelo menos três deles foram detidos com um carregador municiado de Pistola 9 mm. O quarto suspeito de envolvimento na investida criminosa desse Pedreiro foi encontrado ferido à bala efetuado pelos próprios comparsas. O acusado baleado encontra-se internado no Hospital da Restauração (HR), no Recife. As armas utilizadas no crime não foram encontradas. A Polícia aponta que a ocorrência tem motivação pelo tráfico de entorpecente.

Por sua vez, outro homicídio vitimou Ederilson Feliciano Alves, de 29 anos, que foi assassinado a tiros na madrugada do domingo (30.05), no Município de Escada, na Mata Sul pernambucana. Ele foi morto por desconhecidos dentro da casa em que morava no Bairro Nova Escada, perímetro urbano.

Já no Distrito de Massauassu, área rural de Escada, Maurílio José da Silva, de 23 anos, conhecido como “Cinza”, foi encontrado morto a tiros na noite do sábado (29.05), às margens da Rodovia PE-45.

Jovem morto a tiros em Moreno

Adelmo Cleberson dos Prazeres Cavalcanti, de 22 anos, foi assassinado nessa segunda-feira (31.05), com dois disparos de arma de fogo na cabeça efetuados por um homem que o atacou na Rua Antonio Farias, no Bairro João Paulo II, na cidade de Moreno, no Grande Recife. Autoria e motivação ainda são desconhecidas para a Polícia Civil local.

Homem preso após agredir PM com faca em Pombos

Na manhã do domingo (30.05), policiais militares foram averiguar uma denúncia na Rua da Linha, em Pombos, Mata Sul, onde segundo informações, um homem de 45 anos estaria armado ameaçando populares naquela localidade.

Os policiais flagraram o suspeito com uma faca peixeira e tentaram abordar o mesmo, porém este desobedeceu. Os PM’s tentaram desarmar o suspeito, tendo o mesmo entrado em luta corporal chegando a lesionar um dos policiais. No Plantão da Delegacia de Gravatá, ele foi autuado em flagrante por porte de arma e lesão corporal contra o policial.

SAIBA TAMBÉM:

Incêndio criminoso devasta setor administrativo da UFPE Vitória