Ceclin
jun 26, 2008 1 Comentário


Rapidinhas Esportivas

NAUTICO

Após a diretoria do Náutico pagar parte do dinheiro que devia ao atleta e acertar a forma de pagamento do montante restante, eis que Felipe volta ao clube. Seu reaparecimento aconteceu ontem à tarde, na movimenteção realizada no Centro de Treinamento Wilson Campos. Com o problema resolvido e dinheiro no bolso, o atacante voltou a trabalhar normalmente com os companheiros. Em compensação, seu parceiro de ataque, Wellington, não pôde treinar. Segundo a assessoria de imprensa do clube, o motivo da ausência do centroavante foi uma forte virose. Hoje, ele voltará normalmente às atividades.
“Tudo o que aconteceu é passado. Joel (Zanata, seu empresário) acertou tudo com Valois (ex-presidente do Náutico). Fiz apenas o que estava no meu direito. Só peço apenas desculpa à torcida, porque as vezes não sabe o que está acontecendo”, disse Felipe, referindo-se ao comunicado dado desde o dia 16. “Procurei a diretoria na segunda-feira dizendo que se eu não recebesse, não jogaria. Se eles tivessem pago, teria entrado em campo normalmente. Estou com uma dívida já de um ano, com uma parcela alta, e precisava quitá-la”, completou. De acordo com Felipe, o dinheiro depositado nessa semana foi referente às luvas que estavam em débito. Já os salários de dezembro, 13° e maio, mais a premiação do acesso à Série A, serão pagos de forma parcelada.
Mas como conseqüência por ter desaparecido por três dias, Felipe poderá acabar no banco de reservas na partida contra o Palmeiras. Ontem (25), ele treinou em separado. De acordo com Leandro Machado, para recuperar o tempo perdido. “O maior prejudicado foi ele. Mas o físico foi para recompensar os dias que ficou sem treinar. Não é um castigo”, afirmou o técnico, que se esquivou quando questionado se o atacante seria sacado do time titular como punição, ao dizer que “ele também pode começar jogando”. “Não sou titular absoluto. Se ele me manter na equipe, ou não colocar para jogar, estarei fazendo o meu papel”, completou o atleta.

TREINO
Ontem à tarde (25), o técnico Leandro Machado começou a desenhar a equipe para o confronto contra o Palmeiras, no próximo domingo, às 18h20, no Parque Antártica, em São Paulo. Apesar de afirmar que ainda não pensou no próximo adversário, ele já testou a primeira situação durante um coletivo. A base do time foi a mesma que derrotou o Atlético/MG, no último domingo. A única mudança foi em relação a Wellington. Como o Tanque não treinou por conta de uma virose, Kuki formou a dupla de ataque ao lado de Warley. Hoje (26), o Náutico volta a treinar, às 15h30, nos Aflitos.

SANTA

Após garantir vaga na final da Copa Pernambuco de forma antecipada, o Santa Cruz irá aproveitar o “tempo livre” até a grande decisão realizando uma rodada dupla no Arruda, hoje (26), com a Cobra Coral disputando dois jogos no mesmo dia. No primeiro confronto, às 14h, contra o América, válido pela última rodada da Copa PE, o auxiliar-técnico Adilson Davi irá comandar um “mistão”, formado por atletas do juniores e alguns reservas do profissional. Já classificado para a grande decisão da competição local, que tem a sua primeira partida marcada para acontecer no próximo domingo, o Tricolor aguarda apenas o desfecho entre Atlético Pernambuco e Betaniense para conhecer o seu adversário na finalíssima da Copa.
Já no outro jogo, que acontece logo em seguida, às 16h, o Mais Querido encara um amistoso contra o Centro Sportivo Paraibano (CSP/PB), da Segunda Divisão da Paraíba. Como a equipe coral irá apenas cumprir tabela diante do América, o treinador Fito Neves irá aproveitar o jogo contra os paraibanos para utilizar os seus principais atletas, promovendo ainda as estréias dos zagueiros Wescley e Sidraílson, e do atacante Patrick, que não puderam ser inscritos na Copa PE. Já o centroavante Cléo, que também faria sua estréia, sentiu dores no joelho direito após uma dividida nos treinos e foi vetado pelo Departamento Médico do clube. O preço dos ingressos para a rodada dupla terá o valor simbólico de R$ 2,00, que servirá para o clube regularizar alguns atletas para a disputa do Brasileiro.
Com 27 atletas no atual elenco, os dirigentes corais correm para conseguir atender o pedido do treinador Fito Neves de contar com mais um meia armador. Ainda fora do campo, a diretoria do Mais Querido tem uma reunião, hoje, com representantes da Caixa Econômica Federal. O motivo do encontro é criar planos para alavancar o número de torcedores pernambucanos adeptos à Timemania. Atualmente, o Tricolor ocupa a 20ª colocação nas apostas da loteria, com o Sport figurando no 17º lugar do ranking, e o Náutico aparecendo apenas em 31º.

UNIFORMES
Depois de adiar o lançamento dos novos uniformes, que deveria ter acontecido na última sexta-feira, e serão utilizados pelo time no Brasileirão da Série C, a diretoria do Santa Cruz confirmou para amanhã (27), às 16h, a apresentação da nova camisa do Mais Querido, agora fornecida pela Champs, já que o Tricolor rompeu contrato, após dez anos de parceira, com a Finta. Já a abertura da nova loja da Champs, que está sendo construída na parte onde ficavam as antigas lojinhas do clube, ainda não tem data prevista para ser inaugurada.

SPORT

Enfim, o caso Moacir terminou com um final feliz para o torcedor rubro-negro. Principal revelação do Central na atual temporada, o volante acertou tudo com o Sport e já tem apresentação marcada para logo mais na Ilha do Retiro. Após meses de negociação, o martelo foi batido ontem à tarde (26). O vice-presidente de futebol leonino, Guilherme Beltrão, comemorou a definição do acerto. “Foi um excelente negócio não só para o Sport como também para o atleta. O Moacir é um jogador que tem tudo para estourar conosco”, afirmou.

Somente hoje, no entanto, os dirigentes vão sentar para definir os detalhes do contrato. Segundo Beltrão, o vínculo será três anos, mas informações extra-oficiais dão conta de que a empresa paulista BWA estaria envolvida no negócio. O passe do jogador então seria divido entre o Sport, a BWA e o Central. Mas o presidente centralino, Ronaldo Lima, e o representante da BWA, Eduardo Koperman, garantem que o acordo foi firmado apenas entre Sport e Central. “Fechamos com o Sport. A demora aconteceu porque eles não estavam querendo dar o que queríamos, mas, no fim das contas, acabaram aumentando a proposta e atendendo as nossas expectativas. Acho que ficou de bom tamanho para todo mundo”, disse Ronaldo.
Além do rubro-negro pernambucano, outros clubes da Série A estavam interessados em contar com o futebol de Moacir. Mas apesar de ter sido anunciado como provável reforço do Atlético/PR, a única proposta concreta do Sul teria vindo do Coritiba.
Este ano, o volante de 22 anos foi um dos principais destaques do Campeonato Pernambucano, sendo eleito inclusive a grande revelação, ao lado do atacante Wellington, do Náutico. Moacir chega ao Sport respaldado pela indicação do técnico Nelsinho Batista. “É um jogador muito interessante. Tive a oportunidade de observá-lo bem durante o Estadual e realmente o indiquei”, pontuou.

FUMAGALLI
Apesar de ter sido liberado pela Justiça para voltar a jogar no Brasil, como informou a Folha de Pernambuco com exclusividade, na edição de ontem (25), dificilmente a reestréia de Fumagalli será no próximo domingo, diante do Flamengo, na Ilha do Retiro. O gerente de futebol rubro-negro, Adelson Wanderlei, praticamente descartou o aproveitamento do atleta na partida. Ontem, no entanto, ele garantiu ter dado entrada no contrato do jogador na Federação Pernambucana de Futebol (FPF). “Amanhã (hoje), a FPF estará enviando para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Depois disso, será só aguardar a resposta do Catar e isso deve levar algum tempo”, explicou.

por Berg Araújo,
todas as quintas e segundas-feira.