• Ceclin
jun 13, 2008 0 Comentário


Rapidinhas Esportivas

Jogadores festejam em churrascaria e já voltam aos treinos

Após uma madrugada de comemoração efusiva, a rotina dos jogadores do Sport já voltou ao normal. Todos os atletas se reapresentaram na Ilha do Retiro, na tarde desta quinta-feira (12), após a conquista do título da Copa do Brasil. Eles viajam nesta manhã de sexta (13) para Santa Catarina, onde enfrentam o Figueirense no dia seguinte, na Série A do Campeonato Brasileiro.
Logo após a vitória sobre o Corinthians, na Ilha do Retiro, os jogadores do Sport fizeram uma festa de comemoração em uma churrascaria do Recife. Os diretores do clube, o técnico Nelsinho Batista e os familiares dos atletas também compareceram. A festa marcou a comemoração pelo título da Copa do Brasil de 2008.
O jogo contra o Figueirense é válido pela sexta rodada da Série A. O Sport ocupa a sexta colocação no campeonato, com oito pontos ganhos (duas vitórias, dois empates e uma derrota). O técnico Nelsinho Batista ainda não anunciou qual será o time titular. A tendência é de que a escalação saia pouco antes de jogo
E não é que Carlinhos Bala tinha razão? O Sport conseguiu superar a vantagem corintiana e sagrou-se campeão da Copa do Brasil. Na véspera da partida, o atacante havia dito que Deus havia confirmado para ele o título inédito. Para quem não acreditava na tal mensagem dos céus, a resposta veio dentro de campo.
- Quem duvida da palavra de Deus é sempre assim. Vou à igreja domingo novamente para agradecer a Ele pela conquista – conta o jogador, autor do primeiro gol da vitória por 2 a 0 desta quarta-feira.
Religioso, Bala explicou que reza todos os dias, especialmente antes de treinos e jogos. Semana passada, em um desses momentos de oração, veio a garantia de que a taça seria do Sport.
- Em um semáforo, Deus falou comigo e me prometeu esse título, que é o mais importante da minha vida. Foi o primeiro título nacional da minha carreira. É especial demais – comemora o predestinado atacante.

Santa Cruz confirma contratação do atacante Patrick

Na tarde desta terça-feira, a diretoria do Santa Cruz confirmou a contratação do atacante Patrick, que estava no Paysandu. As informações são do site oficial do Tricolor do Arruda.
Anderson Patrick Aguiar Oliveira tem 20 anos, 1,88m e 82kg. Nasceu em Macapá/AP e virá do Pará no mesmo vôo que o outro atacante recém-contratado Cléo e deverá desembarcar no Recife no sábado.
NAUTICO

O Náutico foi julgado nesta noite de quarta-feira (11), pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, no Rio de Janeiro. Estiveram presentes no Tribunal o presidente Executivo do Alvirrubro Maurício Cardoso, o presidente em exercício do Conselho Sérgio Aquino e o vice-presidente do jurídico Ivan Rocha.

O Julgamento durou quase cinco horas e o Timbu, estava indiciado em três artigos artigos 213 – deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto, que prevê como pena a multa de R$10mil a R$200mil, mais a perda do mando de campo de uma a dez partidas, 211 – deixar de manter o local que tenha indicado para realização do evento com infra-estrutura necessária a assegurar plena garantia e segurança para sua realização, que prevê como pena a multa de R$1mil a R$10mil, mais a interdição do local onde foi realizado o jogo e 206 – dar causa ao atraso do início da realização da competição marcada para sua praça de desportos, que prevê a multa de R$1mil por minuto.
Resultado do julgamento – o Náutico foi absolvido no artigo 206, punido com multa de R$ 10 mil no artigo 211 e multado com R$ 30 mil mais perda de dois mandos de campo no artigo 213.
O elenco alvirrubro treinou nesta tarde de quinta-feira (12), no Arruda, para os jogadores se adaptarem ao gramado, já que a partida deste sábado (14), diante da equipe do Vasco da Gama, vai acontecer no mesmo local, devido a interdição do estádio dos Aflitos.

Os jogadores participaram de um coletivo comandado pelo treinador timbu Leandro Machado, que ensaiou várias situações de jogo. Nesta sexta-feira (13), o Náutico volta a trabalhar no Arruda, no período da manhã e depois os atletas relacionados seguem para concentração.

por Berg Araújo.