• Ceclin
set 16, 2008 13 Comentários


RAPIDINHAS DO BLOG

“E é tão bonito quando a gente sente/Que nunca está sozinho por mais que pense estar” (Gonzaguinha – Caminhos do coração).

“No novo tempo, apesar dos perigos/De todos os pecados, de todos enganos, estamos marcados/Pra sobreviver, pra sobreviver, pra sobreviver” (Ivan Lins e Vitor Martins – Novo tempo).

Estamos chegando próximo ao dia de encontro com a urna eletrônica. A campanha engrenou, o quadro começa a se definir e teremos todos nós grandes lições deste resultado eleitoral. Isso é Política! Por isso a política não é um simples jogo de damas; é de xadrez, mais complexo. Via de regra não basta a uma determinada corrente política ter força acumulada, é preciso que tenha também juízo para exercer essa força – e exercê-la pelo convencimento, pela conquista de adesões conscientes; para que adiante, uma vez instalada a luta aberta, possa reunir descortino, vontade e emoção, ingredientes indispensáveis à conquista da vitória.

Segue as esperadinhas…

“Dê nome aos bois”

Em decisão tomada em 04/09 o Juiz da 18ª Zona Eleitoral da Vitória, Dr. Uraquitan Santos, recebeu uma solicitação da Frente Popular da Vitória (coligação de Dedé) para que “houvesse um tratamento igualitário” por parte do TRE local.
Eles afirmaram que havia um comportamento da parte do corpo do Cartório Eleitoral local no sentido de facilitar informações à coligação adversária. Relatando que em uma das oportunidades quando estes haviam dado entrada à processos eleitorais, no mesmo instante, a coligação de Elias Lira sabia do fato. Em despacho, o Dr. Uraquitan Santos foi taxativo em afirmar que desconhecia esta compilação e solicitou dos partidos (PSB/PT/PMN/PTC) que deixasse claro a denúncia e colocar-se o “nome aos bois”.
Direito de resposta negado
A coligação do prefeito Dedé solicitou direito de resposta ao Juiz Eleitoral em razão da coligação de Elias Lira ter feito declarações, segundo o processo: “ofensivas”. Em sentença de 12/09 o pedido não foi aceito pelo Juiz. A principal razão alegada foi a ausência de “degravação” da prova apresentada.
Ou seja, a Frente Popular de Dedé apresentou o CD player que constava o teor das supostas ofensas, porém vacilou em não transcrever o teor das ‘ofensas’ no processo eleitoral apresentado. Segundo o teor processual a frase: “Este grupo vermelho que trata o povo como bicho” (sic) foi uma das questionadas pela coligação ao juízo eleitoral, que não atendeu ao pedido de resposta em virtude das provas estarem incompletas.

Lei Orgânica
A Câmara de Vereadores aprovou no último dia 03 de junho em 2º turno a Revisão na Lei Orgânica Municipal. Contudo, as entidades que fizeram parte e apresentaram propostas de emendas através do Fórum da Revisão da L.O. reclamam porque até o presente momento não receberam uma cópia sequer da Constituição atualizada. Com a palavra a Casa Diogo de Braga.
“Criança não pode!”
O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da Vitória (COMDICA) comunicou a todos os presidentes de partidos políticos para que estes procurem evitar nas atividades das campanhas eleitorais o uso laboral de crianças e adolescentes em atos de campanha. Quem faz uso deste expediente está ferindo a legislação que trata da proteção ao trabalho do menor de idade.

Material sobre Bione pode ser usado
A Promotora Pública Eleitoral, Dra. Vera Rejane, apresentou o seu parecer ao Juiz Eleitoral (em 10/09) sobre o pedido do candidato a vice-prefeito de Dedé, Dr. Edvaldo Bione (PSB), que havia solicitado medida cautelar no sentido de impedir a exibição de suas imagens e sons de eleições passadas, que segundo o processo, os seus atuais adversários encontram-se em mãos de posse deste material para ser usado nesta eleição.
Contudo, a Promotoria deu o Parecer contrário ao médico Bione. Segundo ela trata-se de censura prévia o qual “é vedado pela Constituição Federal”. Diante do parecer, o Dr. Uraquitan Santos indeferiu a “medida cautelar” e reforçou a tese da Promotora.

O caso TOTAL
Após ser condenada por “abuso de poder econômico e privilégio de propaganda a candidatos” pelo Juiz Eleitoral, a revista Total desta cidade foi condenada a recolher sua edição de Julho/08. Está nas mãos da Promotora Eleitoral, Dra. Vera Rejane, o parecer final sobre a situação da revista. O Juiz Eleitoral remeteu para o Ministério Público Eleitoral para fornecer parecer judicial sobre este caso e deferir os caminhos legais que finalizem o caso.
Prefeitos fecham acordo
Em reunião convocada pelo Juiz Eleitoral, Promotoria e o 21º BPM, estiveram no Cartório Eleitoral na última quinta-feira os quatro candidatos a Prefeitura da Vitória, Pilako (PTB), Dedé (PSB), Elias Lira (DEM) e Gilvan Contador (PDT) para tratar acerca do uso público das ruas na campanha eleitoral.
Em virtude da reclamação dos residentes, comerciantes e alguns políticos de que as atividades da campanha política estavam prejudicando o trânsito e o comércio sobretudo aos sábados, a Justiça Eleitoral procurou fechar um acordo de cavalheiros entre os candidatos a prefeitura. Definiu-se um novo percurso que desafogasse o trânsito em torno da Av. Mariana Amália (centro), além da fixação alternada do uso de espaço público e definição de dias e horários.

Instituto Histórico
Acontece no dia 24 de setembro, às 10:00 h., Solenidade de lançamento do 14º número da Revista editada pelo IHGV e para referendar a Cachaça como patrimônio imaterial da cidade. Será feita ainda a entrega do diploma comemorativo ao Ministro das Relações Institucionais, dep. José Múcio (PTB), a PITU, à PMV, ao Sebrae e Senac/PE, à FUNDARPE, ao IBC e a Associação Pernambucana de Aguardente e Rapadura (APAR), Grupo JB, Fundação Joaquim Nabuco, Rede Globo, FACOL, Acad. dos Boêmios, FAINTVISA, Cons. Estadual de Cultura e aos três maiores jornais pernambucanos. Serão exibidas fotos produzidas pelo jornalista Marcus Prado, dos antigos engenhos de açúcar e casas-grandes.

João Paulo em Vitória
O palanque de DEDÉ deverá contar com a presença e reforço do prefeito do Recife – João Paulo (PT), que virá para dar apoio a campanha eleitoral do atual prefeito. Após falar no Guia de Vereadores desta terça-feira (16), João Paulo declarou o seu apoio a candidatura a vereador do advogado Aristides Félix (PT) que articula a vinda do prefeito recifense a Vitória de Sto. Antão. Está sendo agendado para breve a vinda do governador do Estado – Eduardo Campos (PSB).
Guia na TV
Vencido o prazo da determinação judicial que obrigava a TV Vitória (canal 58) a voltar ao ar e exibir o Guia Eleitoral da cidade na televisão, o Juiz Eleitoral pediu explicações a direção da TV Vitória pelo atraso do atendimento. A direção alegou que houve mudança na composição de sua diretoria executiva, do qual a presidente da TV Vitória que era a Sra. Virgínia foi substituída por outra pessoa. Em virtude desta mudança gerencial a TV pediu mais prazo para oficializar posição ao Juízo Eleitoral.

Construtor da Cidadania
Nesta quarta-feira (17) à noite no Clube o Leão, acontece o jantar festivo de Solenidade de Outorga do Título CONSTRUTOR DA CIDADANIA PELA PAZ às diversas entidades e personalidades vitorienses que contribui pela campanha de combate à criminalidade. Na oportunidade será celebrada também a criação da “Rede de Enfrentamento às Drogas”. Tendo como anfitrião o 21º Batalhão da Polícia Militar das Tabocas.
Frase: “A maioria das pessoas não planeja fracassar, fracassa por não planejar”. John L. Beckley, 1913-1998.

Por Lissandro Nascimento.