• Ceclin
jan 29, 2009 3 Comentários


Rapidinhas do 360º


Polícia acredita ter esclarecido morte de advogado, sargento já está preso



Cinco dias depois da
morte do vice-presidente do PT de Pernambuco, Manoel Bezerra de Mattos Neto, a Polícia Civil acredita que esclareceu o crime. As provas recolhidas, até agora, apontam o sargento reformado da Polícia Militar (PM) Flávio Inácio Pereira como o principal responsável pela morte do político e advogado.

O sargento teria pego emprestada a arma usada no crime e foi o último a fazer ameaças à vítima. Estas provas fizeram com que a juíza Daniere Ferreira, de Caaporã (PB) decretasse a prisão preventiva dele.


CÚMPLICES
Flávio Inácio não teria agido sozinho. A polícia tenta encontrar outros envolvidos. De acordo com a polícia, um dos pistoleiros contratados é um ex-agente penitenciário. Policiais da Paraíba e de Pernambuco fazem buscas atrás dele e de outros suspeitos de envolvimento no crime.

O trabalho está concentrado na divisa entre os dois estados. O sargento reformado Flávio Inácio Pereira, que está preso no 5º Batalhão da PM de João Pessoa, é apontado como mandante do crime. O suspeito teve a prisão preventiva decretada pela justiça.

O nome dele foi citado em 2005, no relatório da CPI dos grupos de extermínio do nordeste. Segundo a família da vítima, ele teria feito ameaças ao advogado e vice-presidente do PT de Pernambuco.

A arma usada no crime foi encontrada com Claudio Roberto Borges, que está preso, em João Pessoa. Ele teria emprestado a espingarda para o sargento reformado. Os nomes dos outros suspeitos não foram informados pela polícia.

O CASO

Manoel Bezerra de Mattos Neto foi executado com dois tiros por dois homens encapuzados quando bebia com amigos numa casa na praia de Pitimbu, na Paraíba, no último sábado (24). Os assassinos mandaram que todos deitassem e atiraram contra o advogado.

Segundo a família do advogado, ele estava sendo ameaçado por denunciar grupos de extermínio, que agiam em Pernambuco e na Paraíba. O político teria sofrido a última ameaça há quase um mês.

da Redação do pe360graus.com

Homem morre e outro fica ferido em troca de tiros em Gravatá

Um homem suspeito de assalto morreu e outro ficou ferido em confronto com a polícia na madrugada desta quinta-feira (29), em Gravatá, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com informações dos policiais, a dupla estaria de moto praticando assaltos na região, quando foi identificada. Durante a perseguição, os suspeitos teriam iniciado uma troca de tiros com a polícia. José Vandeildo da Silva, 29 anos, morreu no local.


Edielson Amaro da silva, 21 anos, foi socorrido para um hospital local, recebeu alta e já foi encaminhado para a Delegacia da cidade, onde foi autuado em flagrante. Um revólver calibre 38 e a moto usada por eles, que era roubada, foram apreendidos.

da Redação do pe360graus.com

Procurador é morto em Lagoa de Itaenga e polícia crê em vingança

Na manhã desta quinta-feira (29), dois homens em uma moto assassinaram um procurador da prefeitura do município de Lagoa de Itaenga, na Zona da Mata Norte de Pernambuco.

Segundo a polícia, Antônio Augusto de Barros, 53 anos, foi baleado na cabeça quando estacionava seu carro em um lava-jato na rodovia estadual PE-53, que fica na entrada da cidade.

A suspeita é que os assassinos estavam perseguindo o advogado e ele estacionou para tentar despistá-los.

Antônio Augusto é primo do ex-prefeito da cidade, Fernando Antônio do Nascimento, que também foi assassinado há dois meses. Como ele era um militante da cidade de Carpina, Lagoa do Carro e da própria Lagoa de Itaenga, a polícia acredita que o crime pode ter sido motivado por vingança.

A polícia ainda não tem suspeitos sobre os assassinos. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Lagoa do Itaenga.

da Redação do pe360graus.com

Mulher morre enquanto dormia com o marido em Vitória de Santo Antão



Uma mulher morreu e um homem ficou gravemente ferido na madrugada desta quinta-feira (29), em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco.

De acordo com a polícia, o casal estava dormindo em casa, no bairro Dr. Alvinho, quando foi surpreendido com disparos de arma de fogo. Verinalva Gomes da Silva, 32 anos, morreu no local.

O companheiro dela, Joélio João da Silva, 28 anos, foi socorrido em estado grave para o Hospital João Murilo, em Vitória. A polícia investiga a autoria e o motivo do crime.

da Redação do pe360graus.com

Sequestrador é levado para a GPCA

Por João Carvalho


Já está na Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA) o garçon Leandro Pacheco, de 32 anos, que manteve três crianças como reféns durante toda a madrugada desta quinta-feira (29) no bairro do Janga, Paulista.

Depois de uma discussão com familiares, ele mateve dois sobrinhos, um menino de três meses e uma menina de três anos, além de um enteado, de 6 anos. A polícia informou que armado de uma faca, ele ameaçava as crianças o tempo inteiro.

Atiradores no telhado

Atiradores de elite da Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) da Polícia
Militar se posicionaram o tempo inteiro em locais estratégicos para um possível confronto. “Usamos a paciência e a negociação. O atirador é apenas para garantir a segurança dos reféns e dele também”, explicou o major Carlos D´Albuquerque, responsável pelo policiamento do bairro.

Polícia entra na casa

Por volta das 5h30, a polícia conseguiu entrar no local e render o suspeito. “ Aproveitamos um discuido dele, que dormiu, e invadimos o local. Não houve violência nem reação. Inclusive as crianças também estavam dormindo”, afirmou o capitão da PM Ivanildo Torres, do Setor de Gerência de Crises da Secretaria de Defesa Social, que foi responsável pela negociação.

da Redação do pe360graus.com