Ceclin
jan 26, 2022 0 Comentário


Rapaz em Moreno escapou de tiros pela manhã e acabou executado à tarde

Um rapaz foi perseguido na manhã dessa terça-feira (25.01), por homens que transitavam em um veículo Gol branco e tentaram matar a tiros Josias Almeida da Silva, de 27 anos, na cidade de Moreno, no Grande Recife. Ele, morador do Alto da Maternidade, conseguiu escapar de seus algozes se escondendo em um matagal.

Para evitar que fosse novamente emboscado, se abrigou na casa de sua irmã, no Alto da Liberdade, em Moreno, porém no final da tarde dessa terça, um homem desconhecido se aproximou do imóvel e surpreendeu, sem direito a defesa, o Josias que acabou executado friamente no terraço da casa, atingido por 17 disparos de Pistola .40.

A motivação desse homicídio ainda não foi divulgada pela Polícia Civil. O corpo de Josias Silva seguiu para o Instituto de Medicina Legal (IML), do Recife.

MAIS HOMICÍDIOS EM MORENO

No último dia 12 de janeiro, o mais recente homicídio em Moreno nesse mês de janeiro de 2022 vitimou Maykon José Nascimento de Oliveira, 19 anos. Ele foi morto com disparos de revólver na Rua Argélia, situada no Alto Santo Antonio, área urbana da cidade. Segundo a Polícia, a vítima residia na Vila Holandesa e era dependente químico.

Maykon Oliveira assassinado em Moreno

Outro caso foi de um homem, cujo nome não foi divulgado, que morreu no Hospital Beiró Uchôa, em Moreno. Ele foi atingido por tiros durante confronto com a Polícia Militar (PM) na Vila Holandesa, no último dia 16 de janeiro.

Por sua vez, no último dia 08 de janeiro, Jobson Gustavo Farias do Nascimento, de 22 anos, foi assassinado a tiros quando chegava à Rua Bolívia, situada no Alto Sto. Antonio, em Moreno. A vítima havia acabado de descer de um moto-táxi, defronte a sua casa, quando foi surpreendido por uma dupla em outra motocicleta que o executou friamente.