Ceclin
mar 18, 2008 4 Comentários


Quem tem telhado de vidro…

Em entrevista à Rádio Olinda (em 14/03/08), o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) resolveu soltar o verbo contra o PT e o presidente Lula, segundo ele, porque foi abordado por uma senhora num avião dizendo que ele deve continuar a combater a corrupção do Governo Federal. No que haveria concordado afirmando:
“Os aloprados de Lula metem a mão no dinheiro público e ele, ao invés de demitir essa gente, passa a mão na cabeça deles. No Brasil, está havendo a banalização da corrupção”, alfinetou.
“A economia do País está bem, mas poderia viver um momento bem melhor, se ao invés de Lula passar a mão na cabeça dos aloprados e corruptos do seu Governo, melhorasse os portos, as estradas”, atestou. (Folha de Pernambuco 15/03/08)
Jarbas precisa ser mais cauteloso, menos raivoso!
Ele esquece que tem telhado de vidro, ou ele já não se lembra do escândalo da Nordeste no início do seu primeiro mandato, que ele abafou mandando o então secretário adjunto da Educação fazer mestrado no Rio. Outro negócio mal respondido é o da duplicação da BR – 232 ou 464 – devido à duplicação do orçamento.
A corrupção precisa ser combatida sim, porém, isso deve acontecer em todos os níveis da administração pública e todos devem lembrar-se das suas responsabilidades no regime republicano.
O debate de idéias é salutar para a democracia mais deve ser permeado pelo senso crítico, a autocrítica de quem dele participa e nesse caso o senador não deveria abusar das pedras, pois uma pode voltar para o seu telhado.
E motivos para se preocupar é coisa que não lhe falta, afinal, saiu do governo do Estado, com índices lamentáveis nas áreas de segurança, educação e saúde.
Portanto, cautela, canja de galinha… não faz mal a ninguém!

Daniel Max
colunista do Blog