• Ceclin
mar 31, 2009 11 Comentários


Quem tem coragem de falar mal de Lula em 2010?

por Isaltino Nascimento.
Da tribuna da Assembléia Legislativa, na tarde da última segunda-feira (30), lancei um desafio aos oposicionistas: qual deles vai ter coragem de falar mal do presidente Lula em seus palanques e no guia eleitoral na campanha de 2010? O desafio não surge por acaso. A caravana do Democratas (DEM), que ontem passou por Pernambuco em busca de supostas falhas nas obras do Pacote de Aceleração do Crescimento (PAC), só demonstrou que a oposição ainda não encontrou o seu caminho.

Primeiro, porque referendaram o que já vinham fazendo desde a campanha eleitoral de 2006, ou seja, não têm coragem de atacar Luís Inácio Lula da Silva em público.

A edição dos jornais pernambucanos de hoje mostra isso claramente. Na visita, os integrantes do DEM preferiram centrar fogo na ministra Dilma Rousseff e nas obras do PAC, poupando, mais uma vez, o nosso presidente.

Para entender a questão voltemos na linha do tempo. Campanha para governador de Pernambuco, 2006. O então candidato Mendonça Filho (DEM) esconde seu candidato à presidente, Geraldo Alckimin (PSDB), dos programas eleitorais de rádio e TV e de seu palanque. Fato registrado amplamente pela mídia local e nacional.

E o mais curioso: tenta vincular sua imagem à do presidente Lula nos programas de TV, sendo inclusive proibido pela Justiça Eleitoral de fazer isso, já que o presidente Lula pertence ao Partido dos Trabalhadores.

Quando candidato à Prefeitura do Recife no ano passado, Mendonça Filho também não teve coragem de “bater” em Lula durante a campanha. Fez exatamente o contrário. Propôs votos de aplausos ao presidente Lula pelo programa Bolsa Família, dizendo ser um homem de gestos largos. E nada de críticas. Tudo amplamente registrado pela mídia.

Agora faço outra pergunta: Como é que o PAC não presta e todas as obras que Lula vem fazendo em Pernambuco também não são boas e eles não têm coragem de dizer isso para o povo no guia da TV e nos seus palanques eleitorais?

Sabe porque? Por que nunca um presidente da República fez tanto pelo país, pelo Nordeste e por Pernambuco. Porque as pessoas sentem os efeitos das ações do governo Lula no bolso, no dia a dia.

Nos dois últimos anos, junto com o governador Eduardo Campos, Lula fez mais em Pernambuco do que Fernando Henrique/Marco Maciel nos oito anos deles e nos outros junto com Jarbas/Mendonça.

Só nas obras do PAC estão sendo aplicados em Pernambuco 63% dos R$ 31,4 bilhões destinados a todo o País. Entre elas estão a da adutora de Pirapama, o Complexo Portuário de Suape, o Estaleiro Atlântico Sul, BR-101 Sul, o Canal do Jordão e a ampliação do metrô.

O que temos aqui com o governo Lula é um grande pacote de investimentos, gerando mais de 100 mil empregos, sendo 20 mil deles em Suape, nos últimos dois anos. Sem falar na expansão dos campos universitários, na instalação de escolas técnicas no Interior, na Transposição do São Francisco, na Transnordestina, entre tantos outros investimentos bem conhecidos da população.

O desafio está lançado. Para candidatos a deputados estaduais, a deputados federais, a senadores e a governador da oposição. Qual deles vai atirar a primeira pedra em Lula em 2010?


Por Isaltino Nascimento,
deputado estadual pelo PT e líder do governo na Assembléia Legislativa, escreve para o Blog todas às terças-feiras.