Ceclin
dez 30, 2013 0 Comentário


Quem paga a Merenda Escolar?

Por Valdemiro Cruz

Destaque na mídia nos últimos dias face as investigações pela Policia Federal devido a fraudes em licitações para fornecimento de alimentos a prefeituras e outros órgãos públicos para programas de alimentação escolar, inclusive em Vitória de Santo Antão, chamou a atenção de algumas pessoas os investigados, os envolvidos, os que foram presos ou estão ainda na mira das autoridades. Saiba mais clicando AQUI.

Mas, e a Merenda Escolar, o que é isso, quem é o destinatário final e finalmente que paga por ela?

Diz o Portal do MEC que o FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação garante a transferência de recursos financeiros para subsidiar a alimentação escolar de todos os alunos da educação básica de escolas públicas e filantrópicas. O repasse é feito diretamente aos Estados e municípios, com base no censo escolar realizado no ano anterior ao do atendimento.

A concepção, a finalidade e a visão dos criadores desse benefício foi extremamente feliz desde que aplicados tais recursos de maneira honesta e criteriosa.

Todos deveriam indistintamente se comprometer e acompanhar com máximo rigor toda cadeia de fluxograma da aplicação desses recursos, alias é o contribuinte, especialmente o trabalhador que banca toda essa conta.

Percentual deduzido da massa salarial de todos os empregados brasileiros através de sua contribuição social e na arrecadação de impostos é que gera receita ao Governo para repassar aos municípios com destinação específica destinada a Merenda Escolar, não é esmola, não é favor, não é bondade de nenhum gestor, fornecer merenda farta, equilibrada e de excelente qualidade a TODOS os alunos na faixa escolar com esse direito. O trabalhador paga por isso, não precisa pedir, apelar, implorar por boa merenda e toda sua regularidade.

Desconfie do politico que diz ter “conseguido” introduzir boa merenda escolar, que afirma ter distribuído (xis quantidade) milhares de merenda nas escolas de sua região.

Isso é obrigação, isso é responsabilidade sua, caso não o faça é pura INCOMPETENCIA, ou esta penalizado por não seguir as regras impostas pelo Ministério da Educação.

Importante é ficar de olho no que interessa, não nos que foram presos, mas, nos corruptos que tentem desviar recursos oferecendo itens de baixa qualidade, em quantidades insuficientes e em condições precárias na merenda da população estudantil.

Daí, faz-se necessário a todos, acompanhar com máxima atenção a aplicação dessas verbas, pois, elas saem justamente do bolso do trabalhador brasileiro.

Por Valdemiro Cruz, colunista do Blog.