• Ceclin
set 17, 2010 0 Comentário


Quatro idosos são presos acusados de abuso sexual



Quatro idosos (dois de 82 anos, um de 62 e outro com 57 anos) e dois jovens (22 e 23 anos) foram presos hoje acusados de estupro de vulnerável por policiais da Delegacia de Gravatá. O grupo morava no distrito de Uruçu Mirim, em Gravatá, e teria violentado sexualmente entre dez e doze meninas. Um delas, inclusive, seria neta de um dos idosos presos.
A prisão temporária deles foi decretada pela juíza de Gravatá Izilda Maria de Abre Dornelas Câmara a pedido da Polícia Civil. Os acusados estão presos no Presídio de Vitória, pois houve um tumulto na frente da Delegacia de Gravatá.

A delegada de Gravatá Alessandra Brito informou que eles estavam sendo investigados há pelo menos três meses. A delegada disse ainda que uma das meninas estaria grávida. Ela foi levada para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru para realizar exame sexólogico.

A Polícia Civil começou a investigar esses abusos depois de uma denúncia do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Da Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR