• Ceclin
fev 10, 2011 6 Comentários


Promotor requer esclarecimentos sobre derrubada de árvores em Vitória de Santo Antão

Praça da Matriz aguarda início das obras de reforma

A apreensão dos moradores de Vitória de Santo Antão quanto à derrubada de árvores da Praça da Matriz levou o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) a recomendar a suspensão das obras de revitalização no local até que a Prefeitura comprove a existência de todas as licenças necessárias.

Além disso, até o dia 14 de fevereiro, os responsáveis pela requalificação devem apresentar o projeto ao MPPE. A recomendação assinada pelo promotor de Justiça Euclides Rodrigues de Souza Júnior foi publicada no Diário Oficial dessa terça-feira (8).

A notícia da derrubada das árvores chegou à Promotoria de Justiça local por meio de telefonemas de vários cidadãos. No último dia 3 o promotor foi até o local e constatou a erradicação de algumas algarobas. “A informação que nos deram foi de que as árvores foram arrancadas porque estavam comprometidas. De fato, observamos que as palmeiras e paus-brasis, que têm raízes mais profundas e não corriam risco de cair, permaneceram intocadas”, afirmou o promotor.
Mesmo assim, ele julgou a recomendação necessária para que o projeto seja oficialmente esclarecido, assim como qualquer possibilidade de ato irregular. O promotor também quer saber qual o plano de substituição das algarobas derrubadas. Até que todas essas providências sejam tomadas, a derrubada das árvores está suspensa.

(Portal do MPPE).