Ceclin
set 10, 2020 0 Comentário


Projeto UFPE Alimentar distribui peixes a prestadores de serviços no Campus Vitória

Funcionários da manutenção receberam doação dos pescados. Fotos: Divulgação

Projeto instalou um tanque para criação de peixes de rápido desenvolvimento para uso em laboratório

Funcionários presentes na manutenção dos serviços internos do Centro Acadêmico de Vitória de Santo Antão (CAV) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), vinculados a empresas terceirizadas, receberam uma doação de peixes por meio do projeto de extensão UFPE Alimentar.

Coordenado pelo professor Leandro Finkler, do curso de Nutrição, o projeto instalou um tanque para criação de peixes de rápido desenvolvimento para uso em laboratório. Devido à pandemia, porém, eles não puderam ser processados e foram doados aos prestadores de serviços. “Houve uma excelente receptividade”, destacou o professor.

Peixes de rápido desenvolvimento seriam processados em laboratório

O UFPE Alimentar é realizado há nove anos. “Nesse momento, a intenção era fazer o discente, além de receber os conceitos inerentes à disciplina de Tecnologia de Alimentos, também produzir a matéria prima a ser processada em laboratório”, explica Finkler. Segundo o professor, foi observado que os alunos têm pouca vivência com a obtenção da matéria-prima alimentícia. Assim, uma horta para produção de folhosas de rápido crescimento e um tanque para criação de peixes de rápido desenvolvimento estão sendo instalados próximo ao laboratório de Tecnologia de Alimentos.

TECNOLOGIA DE ALIMENTOS – A cada semestre, o docente trabalha um insumo em sua turma da disciplina de Tecnologia de Alimentos, explorando-o ao máximo e fazendo os alunos criarem novos produtos a partir deles. No final de 2019, por exemplo, o tema foi maçã e os alimentos produzidos foram os seguintes: compota, geleia, polpa de maçã fermentada, licor, chips, infusão de maçã desidratada, embutido e papinha. Além disso, a turma desenvolveu espetinho de maçã colorido e cidra, em parceria com uma cervejaria local. Saiba mais sobre a experiência AQUI.