Ceclin
set 08, 2018 0 Comentário


Projeto que cria o piso salarial dos Conselheiros Tutelares é apresentado na Câmara de Chã Grande

IMAGEM - www.FOLHAREGIONAL.net

Tramita na Câmara de Vereadores de Chã Grande, o Projeto de Lei de número 006/2018 que visa a criação do piso salarial para os conselheiros tutelares de Chã Grande. A proposta era um anseio antigo da categoria.

Com o Projeto de Lei, o salário mensal dos conselheiros tutelares passará a ser de R$ 1.500,00, após ser sancionado pelo prefeito Diogo Alexandre (PR). Para isso, o PL precisará da aprovação da Câmara em duas sessões. A matéria foi encaminhada pelo presidente da Casa, Jorge Luís (PR), para as comissões de Finanças e Orçamento e Justiça e Redação. As duas comissões terão um período para análise do Projeto, onde, em seguida, emitirão os pareceres favoráveis ou não à aprovação. Logo, segue para o prefeito Diogo Alexandre que sancionará o PL. 

 FEIRA LIVRE

IMAGEM - www.FOLHAREGIONAL.net (1)A tradicional feira livre de Chã Grande esteve em pauta durante reunião realizada na Câmara Municipal. O encontro contou com a participação do prefeito Diogo Alexandre, dos vereadores Jorge Luís e Irmão Zaninho, bem como a administração municipal e os feirantes da cidade.

A reunião teve como objetivo debater alguns assuntos de interesse dos feirantes, como a questão da segurança pública e ordenamento da feira livre da cidade. Um dos assuntos integrantes da pauta foi a transferência do Departamento de Polícia Militar para a Escola Municipal Maria Amélia, na Rua Manoel Faustino de Queiroz, onde se realiza a feira livre nas segundas e sábados.

A maioria dos feirantes concordou com a proposta da administração municipal, que já vem sendo debatida desde o início do mês. Para muitos, a transferência da PM para o Centro da cidade vai trazer mais segurança para todos, entre feirantes, comerciantes e a própria população local.

Ordenação da feira – Durante o encontro, também foram definidas metas para a ordenação da feira livre de Chã Grande. Uma dessas metas é a transferência de vendedores ambulantes que comercializam nas ruas vizinhas à feira livre, para a própria Manoel Faustino, dentro da feira. Além disso, foi iniciada também a discussão da proposta de alteração dos dias de realização da feira livre. Hoje, as feiras são realizadas nas segundas e nos sábados. Com a possível alteração, as feiras seriam iniciadas já nas sextas, tendo também todo o sábado para a comercialização de produtos.

Segundo a administração municipal, outras reuniões devem ser realizadas com os feirantes, para que as ideias sejam discutidas, levando com consideração a decisão da grande maioria.