Ceclin
out 05, 2022 0 Comentário


Projeto Boa Visão leva acompanhamento oftalmológico para estudantes da Mata Sul

Atendimentos já estão sendo realizados na UPAE Escada, que foi inaugurada no final de agosto

O Projeto Boa Visão, que oferece consultas oftalmológicas para estudantes da rede pública de ensino, passa a desenvolver suas atividades na Zona da Mata Sul do Estado. Os atendimentos já estão sendo realizados na Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) de Escada, que foi inaugurada no final de agosto pelo Governo de Pernambuco. Na última terça-feira (04.10), os primeiros 29 alunos – triados pela equipe da Secretaria Estadual de Educação (SEE) por apresentarem alguma dificuldade ao enxergar – passaram por consulta com oftalmologista, e, 23 deles receberão óculos corretivos confeccionados pelo Laboratório Farmacêutico de Pernambuco (Lafepe).

No próximo dia 18/10, mais 30 alunos passarão por atendimento na UPAE de Escada. Com a implantação do Projeto na III Gerência Regional de Saúde (Geres), o Boa Visão passa a contar com 10 pontos de atendimento espalhados por todo o Estado.

A triagem de acuidade visual dos alunos que serão encaminhados para atendimento da UPAE é realizada no próprio ambiente escolar pelos professores e servidores das escolas. Esses profissionais passaram por capacitação promovida pelos agentes multiplicadores da Secretaria Estadual de Educação – que, por sua vez, já foram treinados por oftalmologistas – e receberam as principais informações sobre os agravos que acometem a visão. Ao identificar algum aluno com problema ocular, os triadores realizam o encaminhamento desses estudantes diretamente para consultas oftalmológicas.

“Além de proporcionar o diagnóstico de doenças oftalmológicas e oportunizar o acesso aos óculos corretivos, o Boa Visão contribui também para a melhora do rendimento escolar desses alunos, sendo um dos pontos favoráveis para redução dos índices de evasão e repetência escolar. Esperamos atender mensalmente na UPAE Escada 60 alunos”, destaca a coordenadora do Projeto Boa Visão, Mayra Ramos.

Arthur Oliveira, de 18 anos, foi um dos estudantes que participaram da consulta com a oftalmologista na UPAE de Escada. O aluno do terceiro ano do ensino médio já saiu da unidade com o modelo dos óculos escolhido. “A importância do Boa Visão é que muitos alunos precisam de óculos e não têm condições. Eu sou um desses alunos e muitas vezes a gente não aprende por não enxergar mesmo. O Projeto dá oportunidade para quem não tem as condições para ter um óculos, vai dar oportunidade de aprender melhor. A minha expectativa quando receber meus óculos é que vai me ajudar muito porque mesmo eu sentando perto do quadro, eu não enxergo”, contou o estudante.

A UPAE Escada será referência para o atendimento dos alunos matriculados em instituições da rede estadual de ensino dos municípios de Amaraji, Cabo de Santo Agostinho, Cortês, Escada, Ipojuca, Primavera, Rio Formoso e Sirinhaém. A Secretaria Estadual de Saúde está trabalhando na ampliação do serviço para UPAE de Palmares, que foi inaugurada no final de setembro, para atender aos demais municípios da região.

O Projeto Boa Visão atua como uma iniciativa intersetorial entre as secretarias estaduais de Saúde e Educação e o Lafepe. Desde sua implantação em 2012, a iniciativa já realizou 116.797 consultas oftalmológicas e forneceu 75.506 óculos corretivos. Além da unidade de Escada, as UPAEs de Limoeiro, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada, Arcoverde, Belo Jardim, Caruaru, Garanhuns e Petrolina, e o Hospital Geral de Areias, no Recife, também atuam como pontos de atendimento do Programa.