Ceclin
fev 18, 2009 1 Comentário


Proibição ao álcool perto de virar lei

Publicado em 18.02.2009

A Comissão de Constituição, Legislação e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou ontem, por unanimidade, o Projeto de Lei nº 932/09, que proíbe a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas dentro e no perímetro de 200 m ao redor dos estádios de futebol e ginásios esportivos de Pernambuco, duas horas antes e uma hora depois do término do evento.
Hoje, mesmo estando em vigor determinações proibitivas do Juizado do Torcedor e da Confederação Brasileira de Futebol, a lei seca vem sendo burlada dentro de todos os estádios do Recife durante o Campeonato Pernambucano, como mostrou a reportagem do Jornal do Commercio, publicada no dia 1º de fevereiro.
Além disso, no momento, não há nada que impeça a comercialização e o consumo ao redor das praças esportivas, como nos bares localizados nas sedes dos clubes.
“O primeiro passo foi dado. Nossa expectativa é que o projeto seja discutido no Plenário já na quinta-feira (amanhã), para que logo depois do Carnaval ocorra a segunda votação”, destacou o deputado Alberto Feitosa (PR), autor do projeto, que segue agora para a Comissão de Educação. Sendo aprovado, será encaminhado ao Plenário, no qual passará por duas votações.
“Essa aprovação significa um avanço. Já está provado que o álcool potencializa as emoções. Para se ter uma ideia, a maioria dos adolescentes detidos após o último clássico entre Santa Cruz e Sport tinham bebido. As pessoas questionam bastante como aplicar essa lei, mas é possível sim por meio de uma boa fiscalização”, garantiu o promotor do Juizado do Torcedor, Aguinaldo Fenelon. A multa para o infrator é de R$ 1 mil, dobrada a cada reincidência.
(Jornal do Commercio).