Ceclin
mar 23, 2015 0 Comentário


Professores de Pernambuco paralisam as atividades nestas quarta e quinta

Categoria quer que o aumento de 13,01% seja dado a todos os profissionais da Educação Foto: Josimar Cavalcanti/A Voz da Vitória

Categoria quer que o aumento de 13,01% seja dado a todos os profissionais da Educação
Foto: Josimar Cavalcanti/A Voz da Vitória

Na tarde desta segunda-feira, categoria realizou passeata na área central do Recife

Em assembleia realizada na tarde desta segunda-feira (23), os professores estaduais decidiram suspender as aulas nas próximas quarta (25) e quinta-feira (26). Estudam na rede estadual de ensino cerca de 650 mil alunos. Após a reunião, realizada no Teatro Boa Vista, a categoria saiu em passeata até o Palácio do Campo das Princesas, no bairro de Santo Antônio, área central do Recife.

Os docentes estão em estado de greve desde a última sexta-feira (13). Eles discordam do projeto de lei enviado pelo governo estadual para a Assembleia Legislativa que prevê reajuste de 13,01% apenas para os professores com nível médio, que representam cerca de 10% da categoria. O vencimento, nesse caso, passaria para R$ 1.917,78. A proposta do Estado deixa de fora o restante dos mestres.

De manhã houve negociação da direção do Sintepe com os secretários de Educação, Frederico Amâncio, e de Administração, Milton Coelho. “Não houve avanço, apenas marcaram outra negociação para semana que vem”, informou Fernando Melo, presidente do Sintepe.

Na próxima sexta (27), haverá uma nova assembleia, às 9h, também no teatro, para discutir a pauta de reivindicações.

sintepe 1-horz