Ceclin
ago 17, 2011 0 Comentário


Professores de Paudalho devem parar na sexta-feira. Docentes querem 15,8% de aumento

do Blog da Folha

Na próxima sexta (19), professores do município de Paudalho poderão deflagrar greve em assembléia marcada para as 8h, no colégio Tancredo Neves, Centro da cidade. Na pauta de reivindicações está o cumprimento da Lei do Piso, aumento de 15,8%, adequação da tabela de vencimentos, pagamento imediato do retroativo de janeiro á junho de 2011, reformulação do Plano de Cargos e Carreiras (PCCR), cumprimento das Licenças Prêmio dos professores e melhorias físicas das escolas do município.

O fato é que crianças como os filhos de comerciantes e trabalhadores rurais do município estão sendo prejudicados pela falta de estrutura das escolas que estão sucateadas e não oferecem transporte, fardamento, merenda ou livros didáticos a contento.

Na manhã da última terça-feira (16), aproveitando o Dia da Paralisação Nacional pelo Piso, a categoria fez uma passeata que percorreu da escola Tancredo Neves até a prefeitura, onde distribuíram pipocas como um ato simbólico em defesa da implementação do piso, do Plano Nacional de Educação e de melhorias na educação da cidade.

“Será que os filhos dos representantes da prefeitura de Paudalho estudariam nas escolas que citamos? É Preciso melhorar a educação de uma maneira geral em toda cidade e vamos exigir o cumprimento das leis”, disse o coordenador político do Sinpro PE, Jackson Bezerra. “Convidamos professores, pais, alunos e toda sociedade para lutar pela implementação do Plano Nacional de Educação e se juntarem na nossa caminhada”, completou.