Ceclin
abr 14, 2016 0 Comentário


Professores de Jaboatão terminam greve depois de 23 dias

fim-da-greve

Paralisados desde o dia 23 de março, integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de Jaboatão dos Guararapes (Sinproja) decidiram terminar a greve. A decisão foi tomada durante a última quarta (13), em assembleia realizada pelos sindicalistas. Os professores voltarão ao serviço nesta quinta-feira (14), depois de 23 dias de braços cruzados.

Ainda na quarta (13), os trabalhadores da educação do município se uniram aos professores de todo o Estado para um dia de paralisação das escolas estaduais. De acordo com a diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), Sephora Freitas, 90% da categoria foi mobilizada para aderir ao movimento, que reivindica reajuste salarial para os professores e a criação de um Plano de Cargos e Carreira. “Também estamos paralisados em Jaboatão”, afirmou Sephora.

Entretanto, segundo o secretário Executivo de Educação de Jaboatão, Francisco Amorim, as escolas permaneceram abertas durante os dias de mobilização e alguns trabalhadores não participaram do movimento. De acordo com a prefeitura do município, será discutida a abertura de inquérito administrativo e sindicância para os funcionários que continuaram a movimentação após a greve ter sido considerada ilegal pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A Secretaria Estadual de Educação, por meio de nota, também informou que as aulas aconteceram normalmente na última quarta (13), dia de paralisação da rede estadual de ensino, e apenas 7% das escolas tiveram as atividades paralisadas. Segundo a pasta, o percentual é referente às aulas do turno da manhã.

G1/PE