Ceclin
maio 10, 2013 0 Comentário


Professores da rede privada decretam estado de greve

Em assembleia geral nesta quinta-feira (9), professores do setor privado de ensino, vinculados ao Sindicato dos Professores de Pernambuco, decretaram estado de greve. O encontro ocorreu simultaneamente na sede do Sindicato em Recife e nas subsedes de Caruaru, Petrolina e Limoeiro.

Foram avaliados os seguintes pontos: o processo da campanha salarial 2013, a dinâmica que adotada pelo sindicato em relação às negociações e a pauta de contraproposta patronal. Nessa quarta (8), ocorreu sem avanços a terceira mesa de negociação entre professores e patrões.

De acordo com o coordenador geral do Sinpro Pernambuco, Jackson Bezerra, os professores não abrem mão de nenhum ponto posto na pauta reivindicatória e rejeitam a contraproposta patronal.

“O lema dessa campanha é ‘Nenhum direito a menos. Só avanços’. A categoria irá reforçar atos e mobilizações em todas as escolas da Região Metropolitana do Recife e no interior do Estado. Nossa intenção é pressionar os patrões. Queremos avançar nas condições de trabalho e exigimos respeito para os professores”, afirmou o coordenador.