Ceclin
mar 30, 2016 0 Comentário


Professores da rede estadual aprovam paralisação de 24h no dia 13 de abril

Sintepe março-16

Trabalhadores em Educação realizaram nessa terça-feira (29), uma Assembleia Geral no Teatro Boa Vista, Recife. Durante a atividade, a categoria elegeu a comissão de negociação, avaliou o cenário político atual e definiu ações para os próximos dias de Campanha Salarial 2016

 

O Presidente do Sintepe, Fernando Melo, fez uma retrospectiva das iniciativas do sindicato até o momento. Uma ação recente foi realizada no dia 17 de março, em frente à Alepe. De lá, os trabalhadores seguiram em caminhada para o Palácio do Governo e entregaram a Pauta da Campanha Salarial Educacional 2016. O prazo para resposta do Governo finaliza no dia 20 de abril.

Como forma de continuar a luta, o Sintepe propôs à categoria um calendário de atividades, dentre as quais: adesivaço e campanha de mídia incluindo as redes sociais para envolver os estudantes, a comunidade escolar e os movimentos sociais solidários à causa da Educação.

Os presentes também lançaram propostas de atos e mobilizações, como realizar uma paralisação para pressionar o Governo, fortalecer a comunicação com a sociedade e reivindicar o não fechamento de escolas, turnos e turmas. Sobre o contexto político, os profissionais aprovaram um posicionamento mais forte em defesa da democracia. O vice-presidente da CUT/PE e Diretor do SINTEPE, Paulo Rocha explicou para a categoria os verdadeiros motivos do pedido de impeachment enquanto golpe na democracia.

Logo em seguida, a categoria aprovou como encaminhamento, a participação do Sintepe no ato do dia 31 de março e a produção de um documento público que firme o posicionamento contrário ao processo de impeachment.

Os trabalhadores elencaram pontos chaves da Pauta de Reivindicações: cumprimento da Lei do Piso e a realização de concursos públicos, e definiram ainda atualizar do levantamento de escolas fechadas, municipalizadas e o quantitativo de alunos, denunciar a precariedade na infraestrutura de escolas, convocar uma plenária específica para a Educação Especial, denunciar o pedido de devolução de gratificação dos professores nas escolas prisionais e marcar uma audiência na Secretaria de Educação, discutir problemas na escola estadual de Gameleira e ainda, cobrar prazos e cumprimento de compromissos na área da Educação.

sintepe assembleia 03.16

AGENDA APROVADA 

31/03 – Participação do Sintepe na Marcha dos 100 mil, da CNTE, em Brasília.

31/03 – Participação do Sintepe na Mobilização em Defesa da Democracia, em Recife.

05/04 – Debate sobre Cenário Político Internacional, Nacional e Estadual com Michael Zaidan e Teresa Leitão, no Sintepe, às 14h.

06 a 19/04 – Visita nos locais de trabalho para mobilizar a categoria e pressionar o Governo.

11 a 15/04 – Adesivaço descentralizados (#tamosjuntopelaeducação)

11 a 19/04 – Campanha de Mídia da Campanha Salarial Educacional 2016.

13/04 – Paralisação pelo cumprimento da Lei do Piso e das reivindicações da categoria

13 a 15/04 – 8º Encontro Estadual dos Aposentados/as do Sintepe, 14h.

15/04 – Plenária dos Administrativos, Sintepe, 9h.

19/04 – Debate sobre Avaliações Externas em Escolas Públicas, com Luiz Miguel (Universidade de Lisboa), no Sintepe, 14h.

20/04 – Assembleia Geral, no Teatro da Boa Vista, às 14h.

Fotos: Agência JC Mazella