Ceclin
jul 31, 2009 4 Comentários


Professor suspende a greve

Publicado em 31.07.2009

Após 24 dias de paralisação, docentes do Estado decidiram dar uma trégua e voltar a negociar a partir de hoje. Governo garante manter corte de saláriosOs professores da rede estadual de ensino decidiram suspender a greve de 24 dias, em assembleia na tarde de ontem, após o governo do Estado sinalizar a reabertura das negociações. Apesar do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) pleitear o pagamento dos dias não trabalhados pelos grevistas, o governo estadual já avisou que os dias parados serão descontados. E disse também que o Sintepe terá que arcar com os danos políticos causados pelo movimento.
Hoje, todos os professores deverão retornar às salas de aula. Uma comissão dos docentes se reúne hoje, às 9h, na Secretaria Estadual de Administração (SAD), no Bairro do Recife. E na próxima segunda-feira, outra asssembleia será realizada, às 9h, na quadra do antigo IEP, em Santo Amaro, área central do Recife, para avaliar a reunião de hoje e decidir se a greve será retomada.
Para alguns docentes que se posicionaram contra a suspensão da paralisação, a categoria perde força ao atender a solicitação do governo. “Mente quem diz que o governo abriu as negociações. Temos que negociar em greve e não nos submetermos ao chicote de Eduardo Campos”, atacou o professor André Luís Gonçalves, 35 anos.
De acordo com o presidente do Sintepe, Heleno Araújo, a atitude do Estado de pedir a paralisação da greve para reabrir o debate obrigou a categoria a ceder. “É intransigência do governo só dialogar com a greve suspensa, mas o que queremos é negociar”, afirmou.
Durante a assembleia, a diretoria do Sintepe indicou que o melhor caminho para o movimento seria o retorno às atividades, alegando a possibilidade de negociar o pagamento dos dias paralisados. “Existem momentos em que é preciso voltar dois passos, para dar mais um”, argumentou a advogada do Sintepe Lúcia Barbosa. Segundo a SAD, 4.354 professores tiveram o pagamento adiado para o dia 5. Receberam seus vencimentos anteontem, 36.933 profissionais.

DETRAN
O diretor presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), Manoel Marinho, encaminhou ofício, ontem à tarde, à Associação dos Servidores do órgão determinando que 30% dos servidores de cada setor retornem aos seus postos hoje. O documento foi enviado dois dias depois da paralisação ter sido decretada ilegal.
Ontem, a Justiça indeferiu o agravo de instrumento feito pela Associação dos Servidores do Detran/PE (ASD/PE), solicitando a suspensão dos descontos que o governo do Estado tem feito na folha dos servidores em razão dos dias de greve da categoria. A reportagem tentou contato com o presidente da associação, Fernando Coelho, mas não conseguiu.
(Jornal do Commercio).