• Ceclin
nov 13, 2009 32 Comentários


Professor Johnny resgata memória de personagem ilustre

O que começou como um trabalho de classe se transformou em um projeto em envolvendo várias escolas e a futura promessa de um livro.

A Ideia

De início o professor Johnny tinha como intenção melhorar o aprendizado do aluno, mas como é difícil trabalhar história em sala de aula houve a ideia da pesquisa.
O objetivo era fazer com que os alunos se tornassem pesquisadores lendo livros, pesquisando na internet, visitando bibliotecas etc. Outro objetivo desta pesquisa era fazer com que os alunos aprendessem a valorizar os antepassados.
Devido à importância de Antônio de Mello Verçosa o projeto cresceu muito dentro do fato de lecionar em quatro escolas os alunos se interessaram e praticamente impuseram a sua participação.

“Contudo o fato do tataraneto de Mello Verçosa ser de Chã de Alegria (Professor Jeová Félix) escolas de Chã de Alegria (Municipais Ministro Marcos Freire e Júlio Carneiro da Silva), participou do projeto, bem como, de Feira Nova (Escola Estadual Pontes de Miranda), Glória do Goitá (Escola Municipal Santa Rita) também resolveram participar em conjunto com as escolas de Vitória de Santo Antão (Escola Municipal Weigélia Galvão, Comercial Prefeito José Joaquim da Silva e Instituto Santo Inácio de Loyola) do projeto”, enfatizou o Professor Johnny.

A Pesquisa

“Quando comecei a estudar fiquei empolgado, isso me deu inspiração para levar o projeto adiante, quando tive o prazer de conhecer seus descendentes um tataraneto (Professor Jeová Félix), duas bisnetas (Elisabeth e Ivanise Hirschle), e duas tri netas (Valéria e patrícia Hirschle)”, pontuou o Professor Johnny.

Professores de todas as disciplinas Trabalharam de forma integrada junto aos alunos e uma pesquisa maciça foi feita para a realização do projeto.

A Homenagem

Após toda a pesquisa e elaboração o projeto começou a render frutos.

Dia 6 de outubro solenidade na câmara municipal de Vitória com a presença de todos os vereadores do município, da Câmara de Vereadores de Glória do Goitá, a de Feira Nova e Chã de Alegria enviou três vereadores cada para prestigiar a homenagem que também contou coma a apresentação da orquestra Avalovara que abrilhantou o evento.

Dia 9 de outubro Reinauguração do Zoológico

Na elaboração do projeto surgiu a idéia de divulgar o zoológico pelo fato de ter o nome dele que foi uma homenagem feita por José Bonifácio de Holanda Cavalcanti pai do professor Evandro de Holanda Cavalcanti e tio de Manoel de Holanda Cavalcanti Bastos atual presidente da câmara de vereadores da Vitória.
Na época em 1949 ele (José Bonifácio) era o presidente da câmara de vereadores de Vitória de Santo Antão e deu ao parque o nome de Mello Verçosa fazendo uma justa homenagem.
No dia o prefeito (Elias Lira) e o vice (Henrique Filho) inauguraram um busto em homenagem a Verçosa e entregou o zoológico a comunidade após uma reforma.
Outra grande importância do zoológico é que é o único do interior no estado de Pernambuco

Reforma da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos

No dia 18 de outubro foi celebrada uma missa na igreja do rosário com a presença da família Verçosa, a finalidade dessa missa foi para relembrar (os 80 anos de falecimento) que em dois de abril de 1905 o Capitão Antônio de Mello Verçosa assumiria a administração do patrimônio, foi com zelo e dedicação, não muito comum nos administradores anteriores que o Senhor Mello Verçosa restaurou a antiga capela em 1906. Foram não somente usados rendimentos do patrimônio como também de contribuição de vários amigos e por muitas ocasiões de seu próprio bolso.
Os trabalhos foram executados no decorrer de alguns anos, e, quando concluídos foi aberto ao público em 10 de outubro de 1920.

A Exposição

No dia 29 de outubro foi realizada na Escola Municipal Weigélia Galvão a grande exposição em homenagem a Antônio de Mello Verçosa.

Dentro do contexto procuramos fazer uma atmosfera da época, na sala, “A era do Rádio”, colocamos musicas da época marchinhas de carnaval que ele gostava muito, o rádio que era o grande meio de comunicação de sua época.

Por ser um homem de cultura, os alunos de Glória do Goitá e Feira Nova montaram uma sala onde divulgaram suas cidades mostrando para o público presente às especialidades dos seus municípios, Gloria do Goitá foi representada pelo mamulengo e pelo grupo de teatro AGORA É HORA, Feira nova como um grande produtor de farinha de mandioca produto típico e tradicional de Pernambuco.
Houve uma sala em que um grupo fez apresentação de capoeira, dança criada pelos escravos que se tornou em arte de defesa posteriormente.

Os alunos do Comercial fizeram o projeto TV Comercial, um documentário sobre os bastidores do projeto Aula de Campo Interdisciplinar (Visita ao Zoológico Mello Verçosa) e a elaboração do mesmo.

A sala da Republica do Café com Leite, retratava a política da época do coronealismo do inicio do século XX quando Antônio de Mello Verçosa exerceu seus mandatos de prefeito.

“Fizemos uma atmosfera de época tentando trazer do passado traços da história vivida por Antônio de Mello Verçosa para os alunos e visitantes de nossa escola”.
“Com essa exposição, tentamos reavivar a historia da família Verçosa que já estava ficando esquecida no município e ensinar aos nossos alunos a valorização dos antepassados que é uma das grandes qualidades notadas na família Verçosa, que é a valorização de seus antepassados”, avaliou Johnny.

Alguns dados sobre Antônio de Mello Verçosa

Nasceu no dia 6 de agosto de 1856 foi um ano difícil para Vitória devido a uma grande epidemia de cólera que vitimava grande numero de habitantes por dia.

Antônio de Mello Verçosa homem elegante usava ternos e sapatos ingleses um grande apreciador de charutos, mas apesar de sua sofisticação e elegância era homem de hábitos simples sua casa sempre estava aberta para amigos e correligionários que aproveitavam as reuniões noturnas para jogar um carteado e colocar a política em dia.

Homem de posses porem caridoso, comerciante possuía uma loja e uma padaria no centro da cidade. Uma peculiaridade de Verçosa era o tratamento aos seus fregueses, que quando chegava a seus estabelecimentos comerciais ele não perguntava se eles queriam comprar alguma coisa e sim se já haviam tomado café, caso a resposta fosse negativa ele encaminhava as pessoas a sua própria residência e mandava que fosse servida uma refeição a cada pessoa que chegava.
Sua residência ficava nas proximidades do hoje Hospital Pronto Socorro por isso a tem o seu nome.

Sobreviveu a Hecatombe de Vitória em 1880, foi três vazes prefeito de Vitória de Santo Antão, no ano de (1907-1910; 1920; 1927).
Na época o mandato de prefeito era de três anos e não havia remuneração para os gestores públicos que trabalhavam apenas pelo prazer de servir a população.
Ele que representava o Rosismo na época que Pernambuco era comandado pelo conselheiro Rosa e Silva, só perdeu o poder em 1912 quando Dantas Barreto ganhou as eleições deste ano se afastando da política por ter perdido seu padrinho político.

Em 1906 quando ele se preparava para a campanha eleitoral sua única filha Maria Albertina faleceu no ano seguinte falece sua esposa (D. Emiliana de Holanda Leite) ficando ele só e com três netas pequenas Maria da Penha, Maria de Lurdes, e Maria Antonietta para criar, as crianças não o chamavam de avô e sim de pai.
Chegou um momento que ele não teve alternativa e mandou as crianças para que fossem educadas em colégio de freiras francesas Colégio Coração Eucarístico.
Foi ele que reformou a igreja do rosário fazendo duas torres, os corredores, a varanda de ferro e campanário onde foi instalado o sino e a substituição do altar de madeira por um de alvenaria.
Libertou todos os seus escravos antes mesmo que a princesa Isabel assinasse a Lei Áurea

Trocou toda a iluminação pública da cidade que era a querosene por álcool mais viável e barata que o combustível de petróleo.

Deu inicio a construção da cadeia publica, na época não existiam calçamentos as ruas eram de terra fofa, causando muita poeira, então Verçosa atrelava enormes e pesadas tinas de bronze aos cavalos e saia puxando nas ruas para compactar o solo eliminando boa parte da poeira.

Verçosa tinha uma filarmônica, em 1906 era o patrono apreciava a boa musica e gostava de comprar instrumentos e trazer a juventude para as escolas de música
Também promovia muitas apresentações desses jovens na praça da matriz.

Por volta de 1886 trouxe o primeiro teatro de Vitória de Santo Antão.

Verçosa tinha um jornal em Vitória, “O Popular”, ficando em sua direção até 1927 quando se ausentou por motivos de saúde e falecendo dois anos depois. Em 1926 funda o primeiro banco de Vitória BANCO POPULAR DE VITÓRIA, ele presidente e João Cleophas de Oliveira membro do conselho fiscal.
Um de seus grandes amigos foi o Padre Américo Pitta que conseguiu o terreno que pertencia a Verçosa para a construção do colégio damas, que foi fundado no mesmo ano de morte de Verçosa. Antônio de Mello Verçosa falece em 11 de Abril de 1929 com 72 anos de vida.

Ainda esse ano o professor irá se reunir com a família Verçosa para recolher informações para o livro que pretende escrever sobre Mello Verçosa.

por Orlando Leite
C/ informações do professor Johnny Retamero de Lemos