Ceclin
mar 04, 2020 0 Comentário


Procon apontou preço da cesta básica em Vitória de R$ 353,19 em fevereiro

entrada de Vitória de Santo Antão PE

Preço da cesta básica no Recife sobe e produtos variam mais de 300%

A cesta básica na Região Metropolitana do Recife passou de R$ 387,99 para R$ 395,06, um aumento de 1,82% em fevereiro em relação a janeiro. O valor representa um impacto de 37,80% sobre o salário mínimo. Porém, Goiana foi o local que apresentou o preço mais caro para o grupo de itens básicos, subindo de R$ 398,37 para R$ 407,35 na variação mensal. Em Caruaru e Vitória de Santo Antão, o preço é de R$ 374,03 e R$ 353,19, respectivamente, aponta a pesquisa mensal da Cesta Básica do Procon-PE.

Na Região Metropolitana do Recife, o resultado da pesquisa indica que pesquisar os valores dos produtos em diversos locais pode levar a uma economia grande. O preço da farinha de mandioca, por exemplo, pode ter variação de 234,59%, já que o valor variou entre R$ 1,85 e R$ 6,19 entre o mais barato e mais barato nos 54 estabelecimentos pesquisados. Outra variação alta se deu no absorvente higiênico, de 339,45%, com preço variando entre R$ 1,09 e R$ 4,79. O papel higiênico também pode pesar no orçamento, com variação de 251,57%, variando de R$ 1,59 a R$ 5,59.

Entre os alimentos, a salsicha avulsa (176,35%), cebola (157,42%), ovos brancos (146,91%) e alho (145,81%) apresentaram forte variação entre os estabelecimentos analisados. Já entre os produtos de limpeza doméstica, sabão em pó (155,20%) e sabão em barra (139,82%) tiveram grandes diferenças de preços. Já entre os produtos de higiene pessoal, além do absorvente higiênico e do papel higiênico, todos os demais itens analisados sofreram grande variação: creme dental (153,39%) e sabonete (181,82%).