Ceclin
Maio 13, 2015 0 Comentário


Priscila Krause questiona redução nos investimentos de enfrentamento à seca

KrauseO corte promovido pelo Governo do Estado no orçamento destinado ao enfrentamento à seca foi questionado pela deputada Priscila Krause (DEM), na Reunião Plenária desta terça (12). De acordo com a parlamentar, apenas neste ano, o Executivo publicou cinco decretos que transferiram, para outras rubricas, créditos que seriam destinados ao programa de Ampliação do Acesso à Água para Famílias do Meio Rural, do Instituto de Pesquisa Agropecuária (IPA). No total, o corte seria de R$ 3,395 milhões de um montante de R$ 15 milhões que o Tesouro Estadual destinaria para a ação em 2015, o que corresponde a uma redução de 23%.

“O ajuste fiscal do Governo do Estado tem que ser feito com responsabilidade para promover cortes em áreas que não penalizem a população”, opinou. A parlamentar informou, ainda, que analisou o orçamento do IPA nos últimos quatro anos e verificou que a média de investimentos recebidos pelo instituto, apenas nos primeiros quadrimestres de cada ano, foi de R$ 5,89 milhões. No entanto, no mesmo período de 2015, o valor investido no setor caiu para R$ 15 mil.

O discurso recebeu os apartes dos deputados Romário Dias (PTB), Rodrigo Novaes (PSD) e Tony Gel (PMDB). “A retirada de R$ 3 milhões de uma área tão fragilizada precisa ser revista”, comentou o petebista. “Acredito que, por alguma questão formal, os dados estejam errados. Não creio que o Estado tenha investido apenas R$ 15 mil de recursos próprios”, defendeu Novaes. “O IPA recebeu um valor menor, mas outros órgãos que trabalham com recursos hídricos ganharam mais investimentos”, finalizou o vice-líder do governo, Tony Gel.

Com informações da Assembleia Legislativa de Pernambuco.