Ceclin
Maio 13, 2016 0 Comentário


Presidente da Fundaj deixa o cargo por não reconhecer legitimidade de Temer

Paulo Rubem anunciou decisão na manhã desta sexta. Foto: Nando Chiapetta/ DP

Paulo Rubem anunciou decisão na manhã desta sexta. Foto: Nando Chiapetta/ DP

Paulo Rubem Santiago deixa a Fundação Joaquim Nabuco após 13 meses de gestão

Diario de Pernambuco

Paulo Rubem Santiago anunciou, na manhã desta sexta (13), que não é mais presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), instituição vinculada ao Ministério da Educação. Ele entrega o cargo, após 13 meses de gestão, “por não reconhecer como legítimo o governo interino de Michel Temer (PMDB)”.

A Fundaj atua nas áreas de cultura e educação. O Museu do Homem do Nordeste, o Engenho Massangana, o Cinema da Fundação e diversos centros de pesquisa, acervos e espaços culturais fazem parte da instituição, cujo orçamento anual chega a R$ 100 milhões.

Graduado em Educação Física, Paulo Rubem já foi vereador, deputado estadual e deputado federal. Ele já passou pelo PT (1980 a 2007) e pelo PDT (2007 a 2015), mas desligou-se de ambos os partidos por discordâncias ideológicas.