• Ceclin
mai 19, 2011 2 Comentários


Prefeitura e Câmara da Vitória de Santo Antão entregam toda a área do Engenho Bento Velho a iniciativa privada

por Josimar Cavalcanti



Os Vereadores da Vitória de Santo Antão aprovaram quatro projetos de Lei os quais, mais uma vez, autorizam a doação de terrenos a empreendimentos na sessão ordinária dessa terça (17).

Dentre os que marcaram presença estiveram os Vereadores Pedro Queiroz (PPS), Everaldo Arruda (PSDB), Mano Holanda (PMDB), André de Bau (PMN), Sylvio Gouveia (PSB), Frazão (PR), Aglaílson (PSB), Novo da Banca (PSB) e a chegada com atraso que se tornou comum do vereador Irmão Duda (PSDC).
Único a usar a Tribuna, Pedro Queiroz (PPS) insistiu na cobrança por parte do Poder Executivo em sancionar a lei de regulamentação de Carga e Descarga de produtos no Centro Comercial da Vitória de Santo Antão. Ele informou que houve uma reunião marcada pelo Prefeito Elias Lira (DEM), com a participação da Associação Comercial da Vitória e alguns vereadores, onde a ACIAV propôs que parte da Praça Duque de Caxias que atualmente já é utilizada como estacionamento de carros de passeios particulares seja reservada para estacionar os caminhões, sem a necessidade de estipular hora noturna para a descarga dos produtos. Aproveitou para convidar todos os vereadores para uma outra reunião agendada para o dia 18 na sede da Prefeitura. “Temos que fazer alguma coisa, o que não pode continuar é esse cabaré, esse vandevour”, vaticinou.
Logo, uma cena um tanto curiosa e intrigante. O presidente da Casa Diogo de Braga, José Aglailson, abandonou literalmente a sessão às 21h deixando nas mãos do Secretário Sylvio Gouveia (PSB), sem a menor cerimônia e sem cumprir o Regimento Interno que determina neste caso ao presidente justificar-se e passar a presidência oralmente em plenário.


Projetos aprovados por maioria, com ressalvas de Pedro Queiroz, a saber:

137/11 - Doação de imóvel a empresa José Daguimar Freitas Silva M.E. (Arte Brinde) em uma área de 5.920, 26 m², no Engenho Bento Velho – às margens da rodovia BR 232;

136/11 - Dispõe de doação de área de terreno para a instalação da Empresa Touro Auto Peças Ltda M.E. e dá outras providências, com uma área de 6.217,36 m², no Engenho Bento Velho;

135/11 - Dispõe de doação de área de terreno para a instalação da Empresa Comercial J. S. Ponto Ltda M. E. em uma área de 8.000 m², no Engenho Bento Velho;

134/11 - Dispõe sobre doação de área de terreno para a instalação da Empresa Top Mix Indústria e Comércio de Esquadrias Ltda, com área de 30.985, 84 m², que equivale a 3.09 hac. também no Engenho Bento Velho.



por Josimar Cavalcanti,

Correspondente do Blog.



NOTA DE CORREÇÃO:


Na postagem anterior que registrou a Sessão do dia 10 de maio (leia AQUI) equivocadamente publicamos que a doação do terreno que gerou uma polêmica entre os vereadores Sylvio Gouveia e Pedro Queiroz devido a uma suposta ilegalidade de doação, não foi referente a Empresa Celelum e sim ao terreno com piscina que pertenceu ao Clube O Leão, no Maués, onde parte dele a Prefeitura sob a autorização da Câmara fez a doação a Associação dos Deficientes Físicos da Vitória (ADVISA).

CONFIRA AS FOTOS:


“Eu sou o Santa Cruz, de corpo e alma e coração…”

“Presidente confuso: Vale uma ajudinha extra?”


“O que será que será que andam conspirando pelas alcovas?”