• Ceclin
fev 07, 2017 0 Comentário


Prefeitura de Vitória anuncia primeiras medidas para o Carnaval 2017

Aglailson Jr - Foto A Voz da Vitória

Uma das medidas é a proibição da utilização de paredões de som automotivos e similares em todo o percurso carnavalesco de Vitória

por Lissandro Nascimento

No desafio de atender as expectativas da população e dos turistas que aguardam as festividades carnavalescas, tradicional em Vitória de Santo Antão, Aglailson Júnior (PSB), há um mês a frente do Executivo, sinaliza que prefere anunciar as novidades “gota à gota”. Dentre as primeiras medidas anunciadas discretamente e cautelosamente no tocante a maior manifestação cultural e popular da Terra das Tabocas, o gestor avisa como será o desenho geral da festa e sua operacionalização.

O primeiro anúncio foi a designação do homenageado do Carnaval em 2017. O industrial Elmo Cândido Carneiro (in memorian) foi o escolhido para receber as homenagens da Festa de Momo vitoriense. Falecido em dezembro do ano passado, Sr. Elmo era diretor presidente do Engarrafamento Pitú.  Depois, em comum acordo com a ACTV e a ABTV (entidades que congregam as agremiações carnavalescas), a Prefeitura de Vitória decidiu liberar a passagem dos trios elétricos pela Praça Dom Luiz de Brito (Praça da Matriz), quando a antiga gestão acabou restringindo apenas as troças com orquestras para circular naquela praça.

Recentemente, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes da Prefeitura de Vitória divulgou o prazo para cadastro dos barraqueiros e gasoseiros que irão atuar no período carnavalesco. Determinou que até o dia 10 de fevereiro, os interessados no comércio informal durante o carnaval devem comparecer à sede da Secretaria para efetuarem seus cadastros e receberem suas autorizações. A pasta, inclusive, já contratou equipe para preparar a ornamentação carnavalesca das principais vias públicas, além de ter cedido um dos galpões da antiga Estação Ferroviária para abrigar a nova sede da ACTV.

Logo, alertado pela ABTV quanto à altura das diversas fiações que cruzam o corredor da folia para a passagem das agremiações que desfilam com carros alegóricos e trios elétricos, representantes do Poder Público, Celpe e entidades do carnaval conferiram “in loco”, todos os problemas levantados pela vistoria. O Secretário Marcos Rocha vai convocar uma reunião com as empresas que prestam serviços de telefonia e internet em Vitória, a fim de intervirem na melhor solução para os seus cabeamentos. A nova gestão ainda não se pronunciou como se dará o trânsito durante passagem das agremiações, o controle de entrada e saída de veículos no trajeto da folia, bem como irá agir para monitorar “o abuso” dos ambulantes que utilizam os carrinhos de mão para comercializar seus produtos no espaço que seria do folião. A nova gestão também não comentou se irá aceitar o polo com palco de shows, estimulado pelo Governo do Estado, assim como se haverá baile municipal.

Já na semana passada, o prefeito Aglailson Júnior publicizou Decreto nº 008/2017, proibindo desde já a utilização de paredões de som automotivos e similares em todo o percurso carnavalesco de Vitória. A medida leva em consideração questões como a necessidade de controlar a degradação do patrimônio público evidenciado nos eventos já realizados, o uso de equipamentos proibidos por lei em veículos particulares, controle da poluição sonora no Município durante período carnavalesco. O Decreto estipula multa no valor de 01 salário mínimo para quem descumprir a determinação, podendo dobrar se o motorista for reincidente. Os paredões de som estão terminantemente proibidos para aglomerações no corredor da folia não oficiais à festa, exceto para aquelas agremiações que os utilizem em seus desfiles.