• Ceclin
out 04, 2011 0 Comentário


Prefeitura de Primavera não autoriza funcionamento de embarcações na Cachoeira do Urubu

com informações do Blog Escada.com

O trabalhador João Alberto Alves, conhecido em Escada por João Nopró, reside há 17 anos na Cachoeira do Urubu, em Primavera, e trabalha alugando caiaques e jangadas para os visitantes e/ou turistas que freqüentam o local.

Ocorre que domingo, dia 2 de outubro, o mesmo foi impedido de trabalhar pelo Prefeito de Primavera, Galego do Gás (PSB).

O Secretário de Cultura da cidade, João Gouveia (condenado à pena de sete anos e seis meses de reclusão esta semana pela Justiça Federal), alegou que falta alvará de funcionamento para que João alugue suas embarcações e colocou a Polícia para cumprir a determinação.

No entanto, o trabalhador afirma que tentou tirar o alvará na Prefeitura de Primavera, mas a mesma não forneceu o documento. “Pela primeira vez em 17 anos fui impedido de ganhar meu pão. Eles não aceitaram que eu pagasse o alvará. Perseguição. Não tem outra palavra. O negócio de Galego do Gás comigo é pessoal”, afirmou indignado João Nopró.

João afirmou ainda que vai processar o prefeito de Primavera e cobrar todo o prejuízo. “Ninguém tem alvará aqui. Isso é perseguição politica. Vou processar o prefeito”, antecipou.