Ceclin
ago 26, 2009 1 Comentário


Prefeito de Sairé perde o mandato

JAIRO LIMA

O prefeito do município de Sairé (Agreste), Everaldo Dias (PTB), teve o mandato cassado, por improbidade administrativa, e como parte da pena ainda deve ficar longe das atividades políticas pelo período de quatro anos. Ele também será obrigado a pagar uma multa calculada em dez vezes o valor de sua remuneração. O petebista foi denunciado pela Procuradoria Regional da União da 5ª Região, sediada no Recife, que conseguiu, através da Justiça, a sua condenação devido à falta de prestação de contas de mais de R$ 400 mil do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).
A denúncia feita pela Procuradoria Regional da União ocorreu depois de investigações da Controladoria-Geral da União (CGU), na qual teve apurada a transferência de R$ 53 mil, sem comprovantes, para as contas da Prefeitura. Everaldo Dias foi intimado a prestar esclarecimentos dos documentos relativos à transação, declarando que a quantia fazia parte do pagamento da parte patronal do INSS. Mesmo assim, não foram apresentadas guias de recolhimento do INSS e muito menos constaram informações previdenciárias dos funcionários da folha de pagamento do Fundeb.
Além disso, a CGU constatou a existência de outra referência da conta do Fundeb para a administração superior a R$ 360 mil, e sem a devida comprovação. A ação que pesa sobre o prefeito incide sob o argumento de uso indevido de recursos dos cofres públicos. O prefeito não foi encontrado pela reportagem, e sua assessoria não retornou às ligações.
(Folha de Pernambuco).