Ceclin
jan 28, 2020 0 Comentário


Prefeito de Pombos decreta estado de emergência devido à estiagem

A falta de chuva nas região causou a redução das reservas hídricas. Foto: Cássio Luiz/Drone

A falta de chuva na região de Pombos causou a redução das reservas hídricas. Foto: Cássio Luiz/Drone

por Lissandro Nascimento

A Prefeitura de Pombos, no Agreste pernambucano, publicou oficialmente no Diário dos Municípios, o Decreto nº 06/2020 assinado no último dia 24 de janeiro pelo Prefeito Dr. Marcos Ferreira (PSB), decretando Situação de Emergência em virtude da escassez de água potável agravado nos últimos sete anos, que vem atingindo 80% da população do Município.

Segundo o Decreto, a determinação emergencial é necessária devido ao fato de que nos últimos dias ocorrer a diminuição dos níveis da Barragem Banho das Negras, o que compromete a segurança hídrica da população local, em razão do volume de chuvas caídas nos últimos anos não ter sido suficiente para suprir os reservatórios da cidade.

A Situação de Emergência em todo território municipal de Pombos tem validade de 180 dias e foi sugerida através do Parecer da Comissão Municipal de Defesa Civil, que autoriza o poder público a fazer dispensas de licitação para atender a minimização dos efeitos do desastre hídrico.

A Prefeitura de Pombos, através de todos os seus órgãos municipais, passa a dar prioridade absoluta aos munícipes atingidos pela crise hídrica e, segundo nota divulgada, buscará soluções junto aos órgãos competentes, em especial a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e o Governo do Estado de Pernambuco, para que inclua Pombos no Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, conforme Decreto Estadual publicado no último dia 18.