Ceclin
dez 06, 2016 0 Comentário


Prefeito de Palmares é afastado por suspeita de fraude na coleta de lixo

O afastamento foi dentro da operação “Apito Final”, deflagrada pelo Ministério Público. Mandatário palmarense pode recorrer

prefeito de palmares João BezerraO prefeito de Palmares, na Mata Sul do Estado, João Bezerra Cavalcanti Filho (PSB/PE), foi afastado do cargo por suspeita de improbidade administrativa na manhã desta terça-feira (06/12).  O Ministério Público de Pernambuco, com o apoio do GAECO (Grupo de Atuação Especial de combate ao Crime Organizado), da Polícia Civil, está investigando supostas irregularidades por parte da prefeitura no tocante à coleta de lixo no município. Agentes da Polícia estiveram na sede do Poder Executivo para cumprir cinco mandados de busca e apreensão de documentos, que podem indicar fraudes em licitações contratuais.

As investigações tiveram início na Promotoria de Palmares, tendo à frente o Dr. João Paulo de Pedrosa Barbosa e o Dr. Frederico Magalhães.  Os alvos da operação, denominada “Apito Final”, são as secretarias de Finanças, de Infraestrutura e CPL (Comissão Permanente de Licitação). De acordo com a promotoria, a prefeitura teria feito um contrato fraudulento com a empresa de coleta de lixo MEGAMAC, com sede em Rio Formoso. Esse serviço, entretanto, nunca foi prestado no município, uma vez que quem estava realizando a coleta era a IICS, de propriedade de Ivan Kleber.

A operação “Apito Final” contou com a atuação de 28 policiais civis do GAECO. O Ministério Público passará mais detalhes das investigações em coletiva de imprensa a ser realizada na manhã desta terça-feira.

informações Nova+