Ceclin
nov 12, 2015 0 Comentário


Prefeito de Gravatá promete negociar com servidores em greve

ENCONTRO TENSO - Prefeito de Gravatá é pego de surpresa em frente à emissora de rádio pelos grevistas. Fotos: Divulgação/Sindsgra

ENCONTRO TENSO – Prefeito de Gravatá é pego de surpresa em frente à emissora de rádio pelos grevistas. Fotos: Divulgação/Sindsgra

Nesta manhã desta quinta-feira (12), o prefeito de Gravatá Bruno Coutinho Martiniano Lins (sem partido), teve um encontro surpresa em frente à Rádio Clima FM, onde se dirigia com alguns dos seus assessores, para uma entrevista em um dos programas matinal da emissora.

Ao chegar, deparou-se com dezenas de Servidores públicos de Gravatá em greve. Surpreso, Bruno os tratou com expedientes de muita arrogância e prepotência, segundo relatos do sindicato. Visivelmente tenso, disse que o sindicato mentiu quando afirmou que ele era intransigente e fechado ao diálogo e as negociações, afirmando que iria descontar todos os dias dos funcionários em greve.

“Como a gente pode negociar? O senhor não quer negociar conosco, né prefeito? Não queremos nada demais, só queremos negociar com o senhor. Aqui são trabalhadores que querem soluções para os nossos problemas, é só isso”, destacou o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsgra) de Gravatá, Marcelo de Brito.

Muito nervoso, Bruno disse que iria agendar uma reunião com a comissão de greve e que a data dessa reunião, sairia ainda hoje.

A informação de agora, é que uma reunião será marcada para às 15 horas com o sindicato, as duas associações e a comissão de greve, envolvidas na paralisação que amanhã (13) completa 40 dias, sendo, portanto, a maior greve de longo prazo na história de Gravatá.

Bruno cercado por servidores Gravatá-horz