Ceclin
jan 02, 2017 0 Comentário


Durante posse como Prefeito de Vitória, Aglailson Júnior lança filho pré-candidato a deputado

Posse Queralvares na Prefeitura Vitória - Foto A Voz da Vitória

Júnior anunciou como primeira medida de governo colocar em exposição pública na Matriz de Santo Antão todo o maquinário danificado que encontrou da gestão Lira, para que todos vejam como recebeu a Prefeitura de Vitória

por Lissandro Nascimento

Fogos de artifícios, trio elétrico, banda marcial, multidão vestida de vermelho, prédio da Prefeitura adornada de tecido vermelho parecendo uma ‘caixa de presente’, além de uma dezena de paredões de som marcaram a posse do Prefeito José Aglailson Queralvares Júnior (PSB), eleito nas eleições de outubro com 30.935 votos (40,50%), ao lado do seu vice Dr. Saulo Albuquerque (SD), movimentaram à tarde do primeiro domingo do ano de 2017 em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata.

Durante discurso já como prefeito realizado na varanda da Prefeitura de Vitória (Palácio José Joaquim da Silva Filho – nome do seu avô), Aglaílson Júnior aproveitou para lançar seu filho, Aglailson Victor, como pré-candidato a deputado estadual nas eleições de 2018. Aclamado por fogos de artifício, Victor discursou afirmando seu desejo de continuar o legado construído pelo seu avô, ex-prefeito e ex-deputado José Aglailson, e disse que vai ajudar seu pai a fazer uma boa gestão. “Sei que meu pai vai encontrar dificuldades durante a construção deste novo governo, mas é importante dizer que os nossos adversários agiram com desrespeito conosco, mas nós já esperávamos isso deles”, frisou. Tal decisão política por parte da família Queralvares reforça a consolidação do “filhotismo político” historicamente impregnado em Vitória há um século, pelo qual também foi utilizado pela família Lira nas eleições de 2014, quando elegeu Joaquim Lira deputado estadual, bem como o próprio Júnior que foi eleito deputado se utilizando da máquina pública quando José Aglailson era o gestor.

Aglailson Victor - Foto A Voz da Vitoria

Aglailson Victor é a nova aposta e representa a quinta geração da família Queralvares que se reveza no Poder há um século em Vitória. Fotos: Equipe A Voz da Vitória

Designado para passar protocolarmente as chaves da Prefeitura de Vitória ao novo prefeito, o ex-secretário de Defesa Cidadã Décio Canuto Filho, se fez representar o ex-prefeito Elias Lira (PSD), durante solenidade de posse. Inicialmente havia certa curiosidade nos bastidores políticos de quem iria entregar a Prefeitura a Júnior, contudo, foi acertada a escolha que Lira fez em designar Décio Filho para representá-lo. “O sucesso de Aglailson será o êxito de 135 mil habitantes de Vitória, pelo qual reforço nossos desejos de uma gestão exitosa”, discursou Décio. Novo da Banca (PSD), presidente eleito da Câmara de Vereadores, reforçou a parceria entre a Câmara e a Prefeitura de Vitória, dizendo que vai atuar para promover a conciliação na aprovação de importantes projetos de lei.

Queralvares na Prefeitura Vitoria - Foto A Voz da VitoriaLadeado pelo pai, Aglailson Júnior repetiu o que vem afirmando nos últimos meses de 2016 de que recebe uma prefeitura falida, com desmonte físico e gerencial, que segundo ele, foram causadas pelo grupo do ex-prefeito Elias Lira. “Estou pronto para encarar este desafio. Não será fácil o início do nosso governo. Eles fizeram isso não foi comigo, mas com vocês que pagam seus impostos ao Município”, afirmou. Ele citou como um bom exemplo a transição de governo na Prefeitura de Lagoa de Itaenga, na Mata Norte, onde seu aliado político Lamartine Mendes (PTB) entregou aquela administração em ordem. Júnior anunciou como primeira medida de governo colocar em exposição pública na Matriz de Santo Antão, todo o maquinário danificado que encontrou da gestão Lira, para que todos vejam como recebeu a Prefeitura de Vitória.

Aglailson Júnior agradeceu ao seu pai (José Aglailson), afirmando que aprendeu com ele a “amar o povo”. Ele garantiu que não fará uma política revanchista e repetiu o discurso de posse feito hora antes na Câmara de que seu pai havia entregado a Lira uma administração em boas condições, lamentando, mais uma vez, receber “uma prefeitura falida”.

Posse Junior PSB Vitória - Foto A Voz da Vitoria

Varanda do Palácio José Joaquim da Silva Filho – que leva nome do avô do prefeito Aglailson Júnior, foi palco para os primeiros pronunciamentos. Fotos: Equipe A Voz da Vitória

Outra medida anunciada pelo prefeito empossado foi com relação aos ônibus universitários que levam os estudantes para a capital pernambucana. “Eles tiraram os 10 ônibus de circulação, os quais havíamos comprados. Mas fiquem tranquilos (se dirigindo aos universitários) que vou agilizar uma emenda parlamentar de minha autoria enquanto deputado estadual destinando R$ 1,2 milhão a reforma destes veículos”, anunciou Aglailson Júnior.

Logo os pronunciamentos oficiais, as autoridades hastearam as bandeiras dos três entes federativos no Palácio municipal sob o toque dos hinos oficiais executados pela Banda Marcial do Colégio Municipal 03 de Agosto. Durante a solenidade, uma cerimônia religiosa foi realizada pelo Pároco da Matriz, Monsenhor Maurício Diniz, para algumas autoridades e o secretariado recentemente nomeado (conheça AQUI), no gabinete do Poder Executivo, que teve como personagem principal sentado na cadeira de prefeito, o ex-gestor José Aglailson.

LEIA TAMBÉM: Novo da Banca é eleito presidente da Câmara de Vitória de Santo Antão

CONFIRA AS IMAGENS…

Paredões de som cercaram as ruas de acesso a Prefeitura de Vitória durante posse do novo governo. Fotos: Equipe A Voz da Vitória / AVV Imagem

Paredões de som cercaram as ruas de acesso a Prefeitura de Vitória durante posse do novo governo. Fotos: Equipe A Voz da Vitória / AVV Imagem