Ceclin
jun 18, 2012 0 Comentário


Prédio Histórico em Vitória de Santo Antão abandonado pelas autoridades

VIA CRUCIS

O caminho da cruz do Sobradinho permanece. São quase seis meses sem o atendimento aos apelos

Preocupado com a situação, o Instituto Histórico da Vitória de Santo Antão vem efetuando todas as “démarches” necessárias: 4 requerimentos foram protocolados e encaminhados; vários contatos com a Secretaria de Obras; três vezes foram recebidos na Secretaria de Governo; 4 contatos com a Procuradoria, dois deles pessoalmente e dois por telefone; três contatos diretos com o prefeito Elias Lira e seu chefe de gabinete; um contato com a FUNDARPE. O prefeito concorda e promete sanar os danos. Entretanto nada de concreto se realizou. O Instituto não dispõe de recursos.

No momento a situação se encontra no seguinte patamar: – no dia 28 de maio o Instituto Histórico protocolou um requerimento à Prefeitura solicitando ajuda; – na ocasião, Pedro Ferrer, presidente da instituição, solicitou pessoalmente ao secretário do prefeito, que o encaminhasse ao procurador para ele emitir um novo parecer, já que o empecilho legal tinha sido removido; – o secretário achou melhor devolvê-lo ao Instituto, ao mesmo tempo em que solicitava, de acordo com instruções do prefeito, novo requerimento (ver abaixo).

Diante do novo fato, os diretores do Instituto se reuniram e decidiram por unanimidade:

– o Instituto não enviará nenhum outro requerimento; – para a direção da entidade o que tinha que ser feito, já foi feito; – a Prefeitura sabe o caminho e sabe como sanar os danos; o empecilho, alegado pela Procuradoria, o imóvel ser tombado pela FUNDARPE, foi removido.

Este documento será encaminhado ao Prefeito e Secretário. O Instituto Histórico ficará no aguardo de uma solução mais rápida e menos burocrática. O Instituto acompanhará, caso sejam realizados, todos os serviços de intervenção no imóvel Sobradinho.

Cópia do encaminhamento da Prefeitura…

CONHEÇA ESTE CASO AQUI.