Ceclin
abr 01, 2012 1 Comentário


Pombos e Vitória de Santo Antão são as mais culpadas por poluição do rio Itapacurá

Responsável pelo abastecimento de São Lourenço da Mata, Camaragibe e Zona Sul do Recife, beneficiando cerca de um milhão de pessoas, o rio Itapacurá encontra-se seriamente degradado, desrespeitado e poluído.

Cortadas pelo rio, os municípios de Pombos, no Agreste e, Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, contribuem de forma determinante para o atual estado de calamidade do Itapacurá.

Os esgotos de aproximadamente 120 mil habitantes das duas maiores cidades que cortam o rio, são lançados indiscriminadamente nas águas do mesmo.

As águas do rio Itapacurá carregam altos níveis de coliformes fecais, bactérias e, devido ao despejo indiscriminado de cargas de matéria orgânica, a formação de algas tóxicas como a Microcystis, a mesma que em 1996 causou a morte de 60 pacientes de hemodiálise em Caruaru.

contribuição do leitor do Blog – Melicio Oliveira.

LEIA AINDA: Conheça melhor o rio Itapacurá