• Ceclin
jan 02, 2009 5 Comentários


POMBOS DE CARA NOVA

Jane, Marcos e Lissandro defendem novos caminhos para Pombos.
Eleição anulada, o Município de Pombos, vizinho a Vitória, registou ontem – dia 1º de 2009, um fato para a sua história política. A prefeita eleita Jane Povão (PR) ganhou mas não levou, devido a impedimentos de seu vice, pelo qual o Juiz local acabou anulando a eleição e convocando outra para meados do mês de março de 2009.

Isto posto, Pombos vive a experiência da prática jurídica e constitucional. Não tendo prefeito e vice para empossar, coube aos nove vereadores eleitos tomarem posse e fazer a escolha do Presidente da Câmara Municipal, que portanto, será Prefeito da cidade até a posse do novo eleito em eleição suplementar.

Vereador eleito pela primeira vez, Marcos Porteira, primeiro vereador do PCdoB em Pombos, foi o escolhido para presidir a Câmara e mediante a vacância do cargo no Governo local, tomou Posse como o mais novo Prefeito da cidade de Pombos. O PCdoB apoiou Jane Povão, e hoje o partido tem sido um aliado importante neste momento de crise e apreensão que vive a população local. Marcos Porteira assumiu a Prefeitura sintonizado com as decisões dos oito partidos do grupo liderado por Jane. O Secretariado articulado pela coligação de Jane será o Secretariado do Prefeito que possivelmente terá 90 (noventa) dias de administração.

Representando o PCdoB regional Lissandro Nascimento foi prestigiar a posse de seu amigo, aproveitando para prestar sua colaboração e apoio do seu partido a Jane, que será candidata novamente. “Jane foi eleita pela maioria dos eleitores pombenses. Ela é muito querida aqui. Da mesma forma que percebi que o novo prefeito, o Marcos do PCdoB, também o é. Seu nome está sendo bem aceito por toda a população, que não parou de cumprimentá-lo. Pois, nem ele mesmo sabia que iria ter um mandato temporário como prefeito”, contou Lissandro.

Com Marcos Porteira como Prefeito de Pombos, quem vai presidir a Câmara neste período é o vice-presidente – vereador Murilo Força Jovem. Feita a solenidade de posse dos nove vereadores, Sessão assistida também por Jane, foi realizada a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Pombos, do qual após uma articulação vitoriosa possibilitou a indicação de Marcos Porteira como Presidente e posteriormente Prefeito. Por cinco votos a quatro, Marcos foi eleito Presidente da Casa. Tudo indica, por sua vez, que Jane Povão irá para a disputa em uma nova eleição sozinha. Não há mais interesse da Dra. Fátima (PTB), oponente de Jane, disputar novamente.

AGLAÍLSON TENTOU

Tendo o vereador Genaro (PSB) ligado politicamente ao ex-prefeito de Vitória, José Aglaílson, que ensaiou o lançamento de um candidato a Presidente à Câmara de Pombos, não obteve resultados. Havia uma apreensão das lideranças políticas de Pombos, caso o candidato do partido de Aglaílson ganhasse a presidência e depois assumisse a Prefeitura, de haver um loteamento de toda a Prefeitura pelo grupo de José Aglaílson.
“O PCdoB se empenhou para evitar este tipo de articulação que seria nocivo aos interesses do Município”, afirmou Lissandro, que estimulou Marcos Porteira a disputar a vaga, antes mesmo do Juiz cancelar a eleição na cidade.
Com uma imensa multidão cercando o prédio da Câmara de Pombos, por lá acabou aparecendo o vereador de Vitória, José Aglaílson (PSB), que não foi a sua posse em Vitória e foi visto na tarde de ontem (01) na cidade de Pombos. A população de Pombos não perdoou, ensaiou uma grande vaia, pelo qual forçou a saída repentina do socialista.

Logo adiante, com a dúvida de quem seria o presidente da Câmara de Pombos, a população só veio saber ontem mesmo quem seria o Prefeito temporário. Tomado pela multidão, o centro comercial de Pombos ficou agitado, após circular a notícia de que ninguém sabia onde estava a chave da Prefeitura. Após a solenidade de Posse na Cãmara, o prefeito Marcos Porteira teve que aguardar com a população por quase duas horas a chegada da chave da Prefeitura.

Acompanhado por Jane Povão, Marcos Porteira seguiu com o povo até o hall da Prefeitura e aproveitou para conversar com a população. “Eu estava preparado para ser vereador e não prefeito. De qualquer modo o povo de Pombos pode confiar que farei o melhor neste período para fazer de Pombos uma cidade que respire desenvolvimento. O gabinete estará aberto para atender as necessidades, e dentro dos nossos limites, procuraremos junto com este grupo político, promover as soluções”, garantiu o prefeito empossado.

por Gilberto Júnior,
com Anderson Diego.