Ceclin
Maio 21, 2015 0 Comentário


Polêmica na Câmara rende “MACACO” à Prefeitura de Vitória

Por Elias Martins

Ultimo dia 14/05 surgiu uma discussão nos bastidores da Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, onde desafetos da Presidente da AGRIPACAS  (Solemar) passava a ser indagada sobre possível “Macaco” (subtração irregular de energia elétrica) sendo usado pela associação, a partir do poste fixado a frente do Posto Municipal de Saúde, recém construído.

Notando sua indignação, passei a me interessar pelo fato, e fui lá conferir.

UBS Pacas-horz

Observem o telhado no canto direito da foto maior, que pertence a AGRIPACAS.  Na foto menor observa-se o cachimbo de entrada do cabo da rede de energia.  Só que ao invés disso, observe um Jumping (popular MACACO), puxado de um fio irregularmente desencapado, é o responsável pelo fornecimento de energia à Unidade de Saúde de Pacas, área rural vitoriense.

A sede, segunda a página da própria Prefeitura, foi inaugurada em 14.09.2014. Pelo jeito o Macaquinho já está gordinho, com 08 meses se alimentando gratuitamente da energia da Companhia Energética de Pernambuco – CELPE.   O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de um a quatro anos de reclusão. As denúncias podem ser feitas gratuitamente através do telefone 0800 081 0120.  Pelo jeito a responsável pelo Posto, a Secretaria Municipal de Saúde, vai ter problemas com a Justiça por mais esse deslize da administração vitoriense.

Inaceitável esse tipo de comportamento de uma Prefeitura que acaba de instalar aquela estrutura naquela comunidade.  Pela estrutura – Parabéns!  Pelo atendimento – com a palavra a comunidade.               Pelo MACACO – Vergonha!

Segundo a Sra. Solemar, o escritório da CELPE em Vitória não acatou a denúncia.  Por que será?  Se o denunciado fosse um cidadão comum aceitaria?

Em Tempo:

No DOE PE, pg 14, de 25 de maio de 2013, foi licitado para ENTEL – Engenharia e Tecnologia Ltda, a pavimentação da Rodovia Vicinal de acesso ao CASE de Vitória de Santo Antão – Pacas.  Valor R$ 108.945,02.

São 3,5 km que separam Pacas à PE 045.  O acesso está terrível até o CASE.

Daqui a 05 dias fazem dois anos do anúncio da licitação e a estrada está em puro barro.  Difícil até para o apoio da Policia Civil e Militar nas horas de necessidade de acesso ao CASE.

Martins Colunista

 

Por Elias Martins, colunista do Blog.