Ceclin
mar 28, 2008 0 Comentário


Plantão de Notícias

Vitória: mais um homicídio

A vítima conhecida apenas por Gaibú foi alvejada por tiros na rua Primitivo de Miranda. A Polícia foi acionada pela central de rádio do 21º BPM. Segundo populares o autor do homicídio foi um elemento que pilotava uma moto, que efetuou vários disparos por volta das 22:20 h. O caso fica sob a investigação da Delegacia local.

Doméstica ameaçada e outra roubada

Josefa Inez da Conceição e sua família, residente no bairro de Lídia Queiroz relatou na Delegacia que está sendo ameaçada de morte por Cícero Nunes Duarte. Disse que o autor da ameaça o faz por motivo fútil.
Por sua vez, Jaqueline Madalena da Silva, 21, que reside no Lot. Mário Bezerra registrou queixa na DP contra Anderson (Galego) acusando-o de tê-lhe roubado no interior de sua residência uma máquina digital e a sua bolsa contendo vários documentos.

Conto do Vigário

Maria de Santana, 58, residente no Engenho Queimada, zona rural vitoriense, registrou queixa relatando que entregou os seus documentos a uma pessoa conhecida por Rejane ou Jaidete para um suposto cadastro no Bolsa Família. Sendo que desde fevereiro têm aparecido vários empréstimos bancários em seu nome.

Capela arrombada

Marinês Mª da Silva, 48, residente no Distrito de Natuba, zona rural, contou na DP que elementos desconhecidos arrombaram a Capela de Natuba levando uma mesa de som, 2 amplificadores, 05 microfones, vários tuwites e outros objetos. Pedindo providências policiais.
Recadastramento de Moto-táxis
O Ministério Público em parceria com a PM e a Associação dos Moto-taxistas do Município, estão realizando o recadastramento destes profissionais. O objetivo deste trabalho é para se ter um controle de quantas pessoas trabalham nos 120 pontos que existem na cidade. Próxima segunda-feira (31) os moto-taxistas devem se dirigir à Prefeitura Municipal da Vitória com todos os documentos necessários. A Prefeitura informou que a partir de abril a CTTU estará assumindo a fiscalização em Vitória.

Reportagem: Bernardo Júnior.