Ceclin
mar 27, 2008 0 Comentário


Plantão de Notícias

Não pagou, foi preso!

Rose Maria do Nascimento contou a Polícia que Gildo Ferreira da Silva consumiu bebida alcóolica em seu estabelecimento comercial se negando à pagar a dívida no valor de R$ 30,00. A PM foi acionada constatando a veracidade do fato. Ocorreu às 00:25 h. na rua Primitivo de Miranda, 503. O acusado foi conduzido até à Delegacia de Plantão.
Aposentada caluniada

Maria Emília Ferreira de Melo, 68, residente na rua Nestor Henrique da Rocha – Maués, declarou na Delegacia Municipal de que está sendo caluniada por Edvaldo Alves Couto, sob a alegação da mesma ter furtado energia elétrica. Acusa-o ainda de ter violado sua residência agredindo-a com palavras de baixo calão diante dos seus vizinhos.

Celulares roubados e golpe do Cartão

Keila Helena de Araújo (Alto José Leal) e Marlom Aurélio Costa Azevedo (Centro) prestaram queixas na Delegacia por ter sido assaltados e terem tido seus celulares e carteiras subtraídos. Os dois casos relatam que foram dois elementos numa moto armados.
Já o Prof. Teonides Alves do Monte, 46, relatou que teve seu cartão de crédito Ibis usado sem seu consentimento, com compras no valor de R$ 764,10. Diante do golpe pede providências policiais.

Agressão a Professora

Cristiane Amaral Souza, residente na Bela Vista, contou a Polícia que por volta das 8:40 h. da manhã, sua vizinha de nome Joseane a agrediu com uma ‘telha’, em virtude da acusada ter puxado uma discussão com ela por motivos banais. E sem esperar a telha atingiu seu braço esquerdo causando profundo corte.

Estudante agredida

A menor M. S. que reside na rua Manoel Borba – Cajá relatou junto com sua genitora a Polícia que foi agredida por Andréia Mª dos Santos, doméstica, residente o Lot. Mário Bezerra. Segunda a mãe, Mª de Fátima dos Santos a acusada agrediu sua filha com uma ‘pesada’ no braço esquerdo, afirmando que se deu por motivos de ciúmes do noivo da vítima. Do qual pede interferência policial.

Reportagem: Bernardo Júnior.