Ceclin
jun 26, 2008 0 Comentário


Plantão de Notícias

Arrombamento na Matriz

A dona de casa Célia Maria da Silva, 42, residente na Rua Hermenegildo Costa – Matriz, queixou-se na Delegacia local que desconhecidos adentraram em sua residência danificando o telhado por onde tiveram acesso, quebraram ainda a sua porta de vidro, da varanda da casa, onde os quais se evadiram, levando um aparelho de DVD, bolsa de viagem, copos e taças. Não satisfeitos, bagunçaram toda a casa à procura de objetos de valor.

Arrombamento em Dois Leões

O agricultor Severino Gomes Filho, 36, residente no Sítio Dois Leões – zona rural da Vitória, relatou na D. P. que arrombaram sua casa e levaram da mesma documentos pessoais e ainda queimaram toda a fiação elétrica da sua casa, por volta das 00:15 h. desta quinta (26).

Assalto I: A estudante Vanessa de Oliveira Nascimento, 33, residente na Bela Vista, relatou que foi assaltada por um desconhecido armado, o qual levou dela o celular Sansung, documentos pessoais, por volta das 13:00 horas.

Assalto II: O Topógrafo Liviston David Siqueira Santos, morador do bairro Lagoa Redonda, contou que ao sair do Banco do Brasil em Vitória, quando havia acabado de sacar o valor de R$ 1.000,00 em espécie e ao sair da agência bancária foi abordado por um desconhecido que armado com um revólver lhe roubou além do dinheiro sacado, os cartões do Banco.

Assalto III: O Professor Genilson de Freitas Mesquita, 33, morador da Rua Henrique Lins, relatou que por volta das 01:00 h. da madrugada foi abordado por um elemento armado de revólver que anunciou o assalto e levou dele o celular, cartões de crédito e documentos pessoais. Fato ocorrido próximo ao Radar/FACOL.
ASSALTO COM QUATRO: O Servente Cristiano Luiz de Santana, 21, morador da Rua da Madeira – centro, queixou-se na D. P. que precisamente na madrugada de São João (24) por volta das 3:30 h., em que estava embriagado, se dirigiu até os bancos de feira a fim de tirar um cochilo. Neste instante, foi abordado por quatro homens que diziam estar armados, levando do mesmo os seus documentos e a quantia de R$ 20,00 em espécie.

por Bernardo Júnior.