Ceclin
jun 11, 2008 0 Comentário


Plantão de Notícias

Ver. Doca Lira (1º à esquerda)

Vereador DOCA LIRA ASSALTADO
O Vereador João Marcos da Silva Lira (PMDB), conhecido como Doca Lira, de 45 anos, residente no bairro da Matriz, relatou na Delegacia Municipal que na madrugada de ontem (10) elementos desconhecidos roubaram do interior do seu estabelecimento comercial, onde é proprietário de um Galpão de Reciclagem, no Alto do Gaúcho, os seguintes objetos: um forno elétrico, três lastros, seis portas de alumínios. Toda a fiação elétrica do forno, inclusive o motor e as partes laterais do forro. Diante do prejuízo, solicita providências policiais.

Criança some em Hospital

A mãe de José Carlos da Silva, a sra. Creuza Francisca da Silva, levou o seu filho para o Hospital Otávio de Freitas, através de um encaminhamento médico do Hospital João Murilo. A genitora ao registrar a entrada no hospital recifense, no último dia 29 de maio, foi informada pela enfermeira que não havia vagas para a internação da criança. Sob esta alegação, ela esperou aproximadamente duas horas, quando o Maqueiro do referido hospital, conduziu o seu filho, que é deficiente mental, até o interior do Hosp. Otávio de Freitas, ao qual até hoje não se tem notícias do menor José Carlos da Silva. Diante do desaparecimento, ela solicita providências policiais.

Mulher quebra tudo na casa de ex-marido

A acusada Micicleide José de Moura, 24, foi detida por policiais da PM, através de telefonema, a qual estava totalmente embriagada. Segundo a ocorrência, ela foi levar um documento para entregar ao seu ex-companheiro, porém a atual esposa do seu ex-marido não gostou da visita. Com provocações indiretas, a acusada invadiu a casa do seu ex-marido, quebrando o DVD e demais objetos. Ainda ameaçou o ex, que já todo dolorido da surra que levou, pede providências. Este fato ocorreu nesta segunda (09), por volta das 18:30 h., na Rua Primitivo de Miranda, no centro da Vitória.

Idosa vítima de estelionato

A dona de casa Josefa Ferreira do Nascimento, 80, residente no Alto da Balança, registrou na Delegacia local que um casal desconhecido foi até a sua residência informando serem funcionários do INSS, onde foram pedidos todos os seus documentos, sob a alegação de fazer uma regularização de cadastro. Depois de passado todo este tempo, a idosa foi ontem (10) efetuar um saque referente à sua aposentadoria quando foi surpreendida ser devedora de um empréstimo no valor de R$ 816,59, divididos em 36 vezes. Após tomar conhecimento do fato, a vítima compareceu à Delegacia e pediu as medidas cabíveis.

Mulher sofre acidente no Centro

A sra. Irlanda Vieira de Lima, 36, moradora do bairro da Mangueira, relatou na Delegacia local que estava na carona de uma moto Honda CG/Titan, cor verde, de placa KIV 7600, quando repentinamente surgiu um pedestre que caminhava nas margens da avenida, o qual interferiu na atenção do motoqueiro que a conduzia. E ao desviar, causou-lhe um leve acidente. Sendo atendida no Hosp. João Murilo e passa bem.

Assalto “tele-guiado”

Registra-se mais uma atendente assaltada no Centro, trata-se de Polyana Camilla Santos Costa, 18, moradora do Maués, que relatou na D. P. que quando se dirigia para fazer um depósito bancário na agência Bradesco da Vitória, foi abordada por um elemento, já identificado, o Amaurilio de Oliveira Sobral, 24, que reside na Rua Desemb. Pedro Beltrão (Alto da Ponte). Ele a roubou o valor de R$ 20.000,00 em espécie. Apesar de foragido, a Polícia garantiu que irá detê-lo em breve.

No Alto José Leal: a dona de casa Cilene Cordeiro de Lima Silva, 40, residente no Alto José Leal, relatou na Delegacia local que foi abordada por um desconhecido de bicicleta, armado com uma pistola, o qual levou dela o seu celular V3 no valor de R$ 700,00.
CAMPINAS: a doméstica Elizabety Marly de Souza, 19, residente no Sítio Campinas, queixou-se na D.P. que tem sido constantemente maltratada com palavras de baixo calão pelo Severino Carlos da Silva, de 32 anos, que também reside na localidade. Segundo ela, o acusado não pára de difamá-la em virtude de motivos ocorridos no passado.
NA LOJA JOSÉ DE LEMOS: A auxiliar de escritório, Auriana Valéria Araújo de Almeida França, 24, residente no bairro de Jardim São Pedro, declarou na D. P. que quando atendia ao movimento da clientela da Loja, alguém que não se sabe, furtou da Loja José de Lemos onde trabalha o valor de R$ 1.600,00 em várias folhas de cheques. Diante do fato, a vítima em nome da Loja, solicita providências policiais.

por Bernardo Júnior.